Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2053
Tipo do documento: Tese
Título: Composição florística e estrutural da regeneração natural em uma floresta manejada no município de Icoatiara (AM)
Autor: Carneiro, Vilany Matilla Colares 
Primeiro orientador: Higuchi, Niro
Resumo: A regeneração da vegetação é um processo natural em que cada espécie desenvolve características próprias. Conhecer o processo da regeneração natural, quando submetida ao corte seletivo é de fundamental importância para o sucesso do manejo florestal. Objetivando analisar a regeneração natural após tais intervenções, foram alocadas seis parcelas de 10 x 100 m (nível 2= 2,4 ha) subdivididas em subparcelas de 2 x 2 m (nível 1= 0,288 ha) em três áreas com diferentes idades de exploração e uma testemunha na floresta manejada da empresa madeireira Precious Woods Amazon Ltda, localizada no município de Itacoatiara (AM). Em cada nível foram adotadas três classes de tamanho, nível 1 (C1=0,50 m ≥ altura < 1,50 m; C2=1,50 m ≥ altura < 3 m; C3=altura ≥ 3 m e DAP < 5 cm), nível 2 (C1=5 cm ≥ DAP < 10 cm; C2=10 ≥ DAP < 15 cm; C3=15 cm ≥ DAP ≤ 20 cm). A altura das plantas foi medida com uma trena graduada em metros e o diâmetro, com fita diamétrica; a identificação das plantas foi feita tanto no campo quanto em laboratório e boa parte do material botânico foi coletado, prensado, seco e identificado por comparação com material de herbário. A composição florística constou de 4365 indivíduos (nível 1= 2278; nível 2= 2087), 416 espécies (nível 1= 341; nível 2= 268), 154 gêneros (nível 1= 125; nível 2= 126) e 49 famílias (nível 1= 44; nível 2= 46). Cinquenta e três espécies são exploradas pela empresa, as quais encontram-se distribuídas em 37 gêneros e 20 famílias. O índice de diversidade de Shannon foi de 5,24 (nível 1= 4,97; nível 2= 4,95) e similaridade florística de 0,38 (38%) com 193 espécies comuns aos dois níveis. A estrutura vertical da regeneração natural apresentou um decréscimo no número de indivíduos nos dois níveis, conforme a amplitude de tamanho da classe adotada. A primeira classe de cada nível (C1) foi detentora da maior parte dos indivíduos, quando comparada às duas últimas classes. Nos dois níveis de abordagem, as diferentes áreas analisadas foram dominadas por indivíduos pertencentes à Burseraceae, quanto ao número de espécies as famílias diferiram entre as áreas analisadas nos dois níveis. Para as classes de tamanho nos dois níveis de abordagem, 35 (8,41%) espécies contemplaram todas as classes de tamanho. Dentre as que ocorreram em todas as classes, nos dois níveis, estão as espécies exploradas pela empresa: Goupia glabra Aubl. (cupiúba), Scleronema micranthum (Ducke) Ducke (cardeiro) e Zygia racemosa (Ducke) Barneby & J.W. Grimes (angelim rajado). Quanto a estrutura vertical analisada para o nível 1, Duguetia flagellaris Huber (envira amarela) foi a mais importante quanto ao parâmetro regeneração natural relativa. A espécie mais importante na estrutura horizontal da floresta para o nível 2 foi Protium sp. 2 (breu vermelho). A floresta é considerada não estocada em relação às espécies exploradas pela empresa para o nível 1, pois o Índice de Estoque foi de 18,43%, já para o nível 2 a floresta foi considerada estocada, pois o Índice de Estoque foi de 72,50%.
Abstract: The regeneration of vegetation is a natural process in which each species develops its own characteristics. Knowing the process of natural regeneration, when subjected to selective logging is of fundamental importance for the success of forest management. Aiming to analyze natural regeneration after such interventions, six plots of 10 x 100 (level 2 = 2.4 ha) were allocated divided into sub plots of 2 x 2 m (level 1 = 0.288 ha) in three areas with different ages of exploration and a witness in the logged forest of the timber company Precious Woods Amazon Ltda, located in Itacoatiara (AM). At each level were taken three size classes, level 1 (C1 = 0.50 m ≥ height < 1.50 m; C2 = 1.50 m ≥ height < 3 m; C3 = height ≥ 3 m and DBH < 5 cm), level 2 (C1 = 5 cm ≥ DBH < 10 cm; C2 = 10 cm ≥ DBH < 15 cm; C3 = 15 cm ≥ DBH ≤ 20 cm). Plant height was measured with a ruler graduated in meters and the diameter was measured with a diameter tape, the identification of plants was made in the field and in the laboratory and much of the plant material was collected, pressed, dried and identified by comparison with the herbarium material. The floristic composition consisted with 4365 individuals (level 1 = 2278, level 2 = 2087), 49 families (level 1 = 44, level 2 = 46), 154 genera (level 1 = 125, level 2 = 126) and 416 species ( level 1 = 341, level 2 = 268). The Shannon diversity index was 5.24 (level 1 = 4.97, level 2 = 4.95) and floristic similarity of 0.38 (38%) with 193 species common to both levels. The vertical structure of the natural regeneration showed a decrease in the number of individuals at both levels, according to the amplitude of the class size adopted. The first class of each level (C1) detained most of the individuals, when compared to the last two classes. At both levels of approach, the different areas analyzed were dominated by individuals belonging to family Burseraceae, as to the number of species, the families differed among the areas examined at the two levels. For the size classes at the two levels of approach, 35 (8.41%) species covered all size classes. Among those that occurred in all classes, for both levels, are the species that are exploited by the company: Goupia glabra Aubl. (cupiúba), Scleronema micranthum (Ducke) Ducke (cardeiro) and Zygia racemosa (Ducke) Barneby & J.W. Grimes (angelim rajado). Regarding the vertical structure analyzed for the level one species Duguetia flagellaris Huber (envira amarela) was the most important in the parameter on natural regeneration. The most important species in the horizontal structure forest of the for level 2 was Protium sp. 2. (breu vermelho). The forest is considered non-stocked for the species exploited by the company for level 1, because the stock index was 18.43% as in the level 2 was considered the forest stocked because the stock index was 72.50%.
Palavras-chave: Composição florística
Diversidade vegetal
Regeneração natural
Área(s) do CNPq: SILVICULTURA::FLORESTAMENTO E REFLORESTAMENTO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: CARNEIRO, Vilany Matilla Colares. Composição florística e estrutural da regeneração natural em uma floresta manejada no município de Icoatiara (AM). Manaus: [s.n.], 2010. xiv, 174 f.. Tese (Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2053
Data de defesa: 14-Set-2010
Aparece nas coleções:Doutorado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Vilany Matilla Colares Carneiro.pdf5,48 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons