Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2090
Tipo do documento: Dissertação
Título: Plantio de leguminosas arbóreas para enriquecimento de capoeiras e recuperação de pastagens degradadas da Amazônia
Autor: Silva, Marco Aurélio de Carvalho 
Primeiro orientador: Souza, Luiz Augusto Gomes de
Resumo: A recuperação de pastagens degradadas e o enriquecimento das capoeiras que se formam após o abandono da terra, é uma ferramenta importante para restabelecer sua produtividade, reduzindo a necessidade de novos desmatamentos. O sucesso dos projetos de reflorestamento depende da escolha correta das espécies, de acordo com a fertilidade do solo e a disponibilidade de luz, aspectos fundamentais no desenvolvimento das plantas. Neste trabalho, investigamos o estabelecimento inicial de Hymenaea courbaril, Stryphnodendron microstachyum, Stryphnodendron guianense e Parkia platycephala em pastagem degradada e em área de capoeira. A sobrevivência e o crescimento das espécies foram avaliados em três tratamentos de fertilização do solo: tratamento controle = sem adubação; adubação orgânica = composto bovino curtido; e adubação orgânica mais mineral = composto bovino curtido + P, K, Ca e micronutrientes. Na capoeira, foi também avaliado o efeito de pequenas variações de luz no crescimento das espécies. O plantio foi realizado em blocos casualizados e monitorado por 12 meses. A sobrevivência das quatro espécies foi maior na capoeira do que na pastagem, sendo a diferença significativa (p<0,01) para S.guianense e P. platycephala. Na pastagem, H. courbaril, S. guianense e P. platycephala tiveram área de cobertura maior (p < 0,05) e apenas P. platycephala não foi influenciada pelos tratamentos de fertilização Apenas S. guianense teve crescimento em altura semelhante entre os ambientes, as demais espécies cresceram melhor (p < 0,05) na pastagem do que na capoeira. O crescimento de S. microstachyum em altura foi diferenciado nos três níveis de fertilização (p < 0,05). Para S. guianense e P. platycephala, a adubação orgânica promoveu resultado semelhante a adubação orgânica mais mineral e foi superior ao controle (p < 0,05). As variações na disponibilidade de luz no sub- bosque foram capazes de alterar significativamente o efeito dos tratamentos de fertilização no crescimento de Parkia platycephala e Hymenaea courbaril, enquanto que o crescimento de Stryphnodendron guianense e Stryphnodendron microstachyum não foi afetado pelas diferenças de luz do sub-bosque da capoeira. Concluímos que a adubação orgânica é uma tecnologia promissora em plantios na Amazônia produzindo, em alguns casos, resultados semelhantes a adubação mineral. Para os parâmetros avaliados, as quatro espécies parecem promissoras na recuperação de pastagens, especialmente P. platycephala, enquanto que na capoeira, apenas S. guianense talvez tenha potencial, dependendo das taxas de incremento futuras. Quanto ao efeito da variação de luz no sub-bosque, concluímos que a simples aleatorização dos tratamentos, não é suficiente para assegurar condições semelhantes de luz nos plantios em blocos no interior de capoeiras, e que para espécies que respondem a pequenas variações na oferta de luz, é necessário medir e remover o seu efeito para correta interpretação das respostas das plantas aos tratamentos.
Abstract: The recuperation of degraded lands and enrichment planting on secondary forests formed after land abandonment is an important tool to restore his productivity, reducing needs of new deforestations. The sucess of reforestation projects depends of right choice of species, in accordance with soil fertility and light availability, fundamental aspects in plant development. Here, we investigated the initial establishment of Hymenaea courbaril, Stryphnodendron microstachyum, Stryphnodendron guianense e Parkia platycephala in degraded pasture and secondary forest area. The survival and growth of species were evaluated in three soil fertilization treatments: control = without fertilization; organic fertilization = cattle manure; organic fertilization plus mineral fertilization = cattle manure + P, K, Ca and micronutrients. In secondary forest, we evaluated too the effect of small light variations on species growth. The planting was done in ramdomized blocks and monitored for 12 months. All species survived better on secondary forest than in pasture, but was significantly just to S. guianense and P. platycephala (p < 0,01). The crown area was greater (p < 0,05) in pasture for P. platycephala H. courbaril, e S. guianense and except P. platycephala, the other species had the crown area determined to fertilization treatments (p < 0,05). Just S. guianense had the hight growth equal in both environments, whereas the other species growth better (p < 0,05) in the pasture than in secondary forest. The growth of S. microstachyum improved in growing fertilization levels (p < 0,05). For S. guianense and P. platycephala, the organic fertilization promoted results equal to organic more mineral fertilization and was superior than control (p < 0,05). The variations in light availability on understory were able to distort significantly the effect of fertilization treatments on growth of Parkia platycephala and Hymenaea courbaril, while the growth of Stryphnodendron guianense and Stryphnodendron microstachyum were not affected by light regime in understory. We concluded that organic fertilization is a important technology for planting in Amazonia, some times producing results equal to mineral fertilization. To evaluated parameters, all four species are promising in pasture recuperation, especially, P. platycephala, while in secondary forest, the planting of S. guianense can to be viable, according to future growth rates. Whatever the effect of light variation in understory of secondary forest, just the ramdomization of the treatments is not enoght to ensure equal conditions of light in planting realized in block design inside the secondary forests, and, for species more sensitive to small variation of light, is extremely need to measure and remove his effect for a correct interpretation of plant responses to treatments.
Palavras-chave: Reflorestamento
Áreas degradadas
Legumisosas
Área(s) do CNPq: SILVICULTURA::FLORESTAMENTO E REFLORESTAMENTO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências de Florestas Tropicais (CFT)
Citação: SILVA, Marco Aurélio de Carvalho. Plantio de leguminosas arbóreas para enriquecimento de capoeiras e recuperação de pastagens degradadas da Amazônia. Manaus: [s.n.], 2011. ix, 52 f.. Dissertação (Ciências de Florestas Tropicais (CFT)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2090
Data de defesa: 13-Mai-2011
Aparece nas coleções:Mestrado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Marco Aurélio de Carvalho Silva.pdf1,46 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons