Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2142
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ecologia trófica de quatro espécies de peixes dominantes na área do reservatório da usina hidrelétrica de Balbina, Amazonas, Brasil
Autor: Santos , Maria da Conceição Alves dos 
Primeiro orientador: Ferreira, Efrem Jorge Gondim
Primeiro coorientador: Zuanon, Jansen Alfredo Sampaio
Resumo: Este estudo teve como objetivo analisar a dieta de Agoniates halecinus, Auchenipterichthys longimanus, Bryconops alburnoides e Hemiodus argenteus, quatro espécies de peixes dominantes no reservatório da Usina Hidrelétrica de Balbina, em três habitats (água aberta, margem e paliteiro) durante os períodos de chuva e de estiagem. Nossa hipótese era de que haveria diferenças na dieta das espécies por habitat, em virtude da diferença em complexidade estrutural entre eles, e por período sazonal, em função das mudanças na oferta de alimentos. A dieta foi analisada pelos métodos de Frequência de Ocorrência e Volume Relativo, combinados pelo Índice de Importância Alimentar. Por meio de análises de ordenação dos dados (NMDS), foi analisada a variação na composição da dieta de cada espécie por tipo de habitat e período sazonal. Bryconops alburnoides e A. longimanus foram classificadas como insetívoras e A. halecinus como piscívora. Hemiodus argenteus foi classificada como detritívora, herbívora ou onívora, dependendo do habitat e período analisados. As análises de ordenação dos dados demonstraram que houve maior variação na composição da dieta das espécies no período de chuva. Em relação aos habitats A. halecinus e A. longimanus apresentaram maior variação na composição da dieta nos paliteiros, H. argenteus nas margens do reservatório e para B. alburnoides a variação entre os ambientes foi pouco acentuada. Isto indica que a atenuação do pulso de inundação pelo represamento do rio Uatumã não anulou por completo a variação temporal no nível da água (e, provavelmente, na oferta de alimentos no reservatório), o que se refletiu na mudança na dieta de algumas espécies. Esses resultados também sugerem que a predominância das espécies foco deste estudo no reservatório da UHE Balbina seja resultado da abundância de recursos alimentares, e que a estrutura das assembleias de peixes talvez seja regulada por mecanismos do tipo bottom-up.
Abstract: This study aimed to analyze the diet of Agoniates halecinus, Auchenipterichthys longimanus, Bryconops alburnoides and Hemiodus argenteus, four dominant fish species in the reservoir of the Balbina Dam Power Plant, in three habitats (open water, margin and dead wood standings) during wet and dry periods. Our hypothesis was that there would be differences in the diet of species by habitat, due to the difference in structural complexity among them, and seasonal period, due to changes in food supply. The diet was analyzed by the Frequency of Occurrence and Relative Volume methods, combined by the Alimentary Index. Through data sorting analysis (NMDS), the variation in the composition of the diet of each species by habitat type and seasonal period was analyzed. Bryconops alburnoides and A. longimanus were classified as insectivorous and A. halecinus as piscivorous. Hemiodus argenteus was classified as detritivorous, herbivorous or omnivorous, depending on the habitat and period analyzed. Analyses of variance showed that there was higher variation in the diet composition of the species in the wet period. In relation to habitats, A. halecinus and A. longimanus showed greater variation in diet composition in dead wood standings. For H. argenteus on the banks of the reservoir and B. alburnoides the variation between environments was only lightly accentuated. This indicates that the attenuation of the flood pulse by Uatumã river damming did not nullify completely the temporal variation in water level (and probably in the food supply in the reservoir), which was reflected in the change in the diet of some species. These results also suggest that the prevalence of the species of this study in the Balbina hydroelectric reservoir is the result of the abundance of food resources, and that the structure of fish assemblages may be regulated by bottom-up mechanisms.
Palavras-chave: Peixes
Estrutura Trófica
UHE Balnina - Amazonas
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: Santos , Maria da Conceição Alves dos. Ecologia trófica de quatro espécies de peixes dominantes na área do reservatório da usina hidrelétrica de Balbina, Amazonas, Brasil. 2016. 48f.. Dissertação( Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus,2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2142
Data de defesa: 8-Mar-2016
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ versão final_ Maria da Conceição.pdf1,67 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons