Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2218
Tipo do documento: Dissertação
Título: Evolução do desmatamento de um mosaico de unidades de conservação do município de Sena Madureira – Acre e suas implicações para gestão
Autor: Amaral, Edson 
Primeiro orientador: Brown, Irving Foster
Primeiro coorientador: Graça, Paulo Mauricio Lima de Alencastro
Segundo coorientador: Pontes Filho, Tadeu Rocha
Resumo: Este estudo analisou a evolução do desmatamento de 1988 a 2014 em um mosaico de Unidades de Conservação em Sena Madureira – Acre e o seu entorno para fins de gestão destas unidades. Este mosaico é composto pela Reserva Extrativista Cazumbá Iracema, Floresta Nacional do Macauã e Floresta Nacional de São Francisco totalizando uma área de 968.438 ha. Foi utilizado dados do “Programa de Cálculo do Desflorestamento da Amazônia – PRODES” e dados do método Hansen et al. (2013), ambos baseados em imagens Landsat. O foco do estudo foi no desmatamento no Mosaico e 10 km de seu entorno. Os cálculos foram feitos em ArcGis 9.3 e Excel. A área foi estratificada em faixas marginais interna e externa de distância 10 km do limite do mosaico para identificar áreas críticas para gestão. Em um segundo processo de estratificação a área foi dividida em duas macrorregiões (nordeste e sudoeste), seguido por uma terceira estratificação em seis regiões, subdivididas em faixas dentro e fora do entorno. Durante o período 1988 a 2014 foram desmatados 6.385 ha dentro do Mosaico de Estudo que corresponde à 0,7% da área total do Mosaico. Na estratificação, em faixas marginais internas e externas de 10km foi encontrado 1,1% desmatada da faixa de 10km interna ao limite do Mosaico e 8,6% da faixa de 10km externa A macrorregião nordeste, que tem 23% da área de Mosaico contem cerca de 97% da área desmatada. Desta forma conclui-se que a grande maioria dos desmatamentos está concentrada em uma área de menos de um quarto da área total. Na análise temporal, utilizando os dados do PRODES, foi constado que há um decréscimo geral nas taxas anuais de desmatamento para o período de 2000 a 2014, com picos alternados de ano em ano. Os bancos de dados PRODES e Hansen produziram valores cumulativos semelhantes quando agrupado por estrato; nove dos doze estratos tiveram diferenças dentro da faixa de ±20%. Porém quando analisado separadamente por ano os valores por estratos apresentaram as vezes até 182% que não pode ser explicado pelo critério de tamanho mínimo de polígono registrado ou pela diferença em mês do início do ano (agosto versus janeiro). Durante o período de 2000 a 2003, por exemplo, o PRODES registrou um aumento dramático nos estratos na taxa de desmatamento quando os dados de Hansen indicaram uma redução na taxa. Para fins de gestão sugere-se usar os dois bancos de dados para identificar tendências nas taxas. Quando as duas tendências são consistentes, as decisões sobre local e velocidade de transformação da paisagem são mais robustas. Quando as tendências são divergentes, a recomendação é usar informações adicionais para determinar qual das duas é mais representativa da realidade.
Abstract: This study analyzed deforestation from 1988 to 2014 in a mosaic and buffer area of conservation units in theSena Madureira Municipality, Acre, Brazil to support management of these units. This mosaic is composed of the Cazumbá Iracema Extractive Reserve, Macauã National Forest and San Francisco National Forest for a total of 968.438 ha. Data from "the Amazon Deforestation Program - PRODES" and from Hansen et al (2013) method, both using Landsat imagery, provided the basis for analysis of deforestation in the Mosaic and 10 km from its boundaries. The calculations were made in ArcGIS 9.3 and Excel. The area was divided into internal and external buffers to identify critical areas for management. In a second stratification process the area was divided into two geographical regions (northeast and southwest), followed by a third stratification into six subregions, subdivided into inside and outside buffers of 10 km width, producing 12 strata. During the period 1988-2014 6,385 ha were deforested within the Mosiac, corresponding to 0.7% of its total area. About 1.1% of the internal buffer of the Mosaic was deforested and 8.6% of the external buffer. The Northeast macro-region, which has 23% of the area contains about 97% of the deforested area. We conclude that the majority of deforestation is concentrated in an area of less than a quarter of the total area. In temporal analysis using PRODES data, there is a general decrease in the annual rates of deforestation for the period 2000-2014, with alternating peaks from year to year. PRODES and Hansen databases produced similar cumulative values when grouped by strata; nine of the twelve strata were differences within a range of ± 20% But when analyzed separately by year values for strata differed by up to 182%, which cannot be explained by the minimum criteria of registered polygons or the difference in the beginning months of the year (August versus January). During the period 2000 to 2003, for example, PRODES recorded a dramatic increase in deforestation rates in the strata when Hansen data indicated a reduction in the deforestation rates. For management purposes it is suggested to use the two databases to identify trends in the deforestation rates. When the two trends are consistent, decisions on location and landscape transformation rates are more robust. When trends are divergent, the recommendation is to use additional information to determine which of the two is more representative of reality.
Palavras-chave: Unidades de Conservação
Desmatamento
Sena Madureira – AC
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Gestão de Áreas Protegidas da Amazônia (GAP)
Citação: Amaral, Edson. Evolução do desmatamento de um mosaico de unidades de conservação do município de Sena Madureira – Acre e suas implicações para conservação. 2016. 57 f.. Tese( Gestão de Áreas Protegidas da Amazônia (GAP)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus,2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2218
Data de defesa: 18-Jul-2016
Aparece nas coleções:Mestrado - GAP

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Edson_Amaral.pdf2,15 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons