Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2226
Tipo do documento: Tese
Título: Comunidade de invertebrados aquáticos como ferramenta para avaliar o efeito do uso da terra sobre riachos da Amazônia Oriental, Brasil /
Autor: Brito, Janaina Gomes de 
Primeiro orientador: Hamada, Neusa
Primeiro coorientador: Nessimian, Jorge Luiz
Resumo: O uso da terra é a principal ameaça à biodiversidade e aos ecossistemas naturais, especialmente nos trópicos, onde a vegetação original está sendo substituída por cultivos agrícolas para suprir a demanda mundial por alimentos. Compreender a dinâmica dos ecossistemas em paisagens dominadas pela agricultura é fundamental para a implantação de medidas de conservação. O objetivo desta tese foi avaliar o efeito do uso da terra sobre riachos de baixa ordem na Amazônia Oriental, por meio da análise de variações na estrutura taxonômica e funcional da comunidade de invertebrados aquáticos. Esta tese foi subdividida em três capítulos. No primeiro, foi avaliada a existência de um ponto de mudança na comunidade de invertebrados em relação à perda de cobertura vegetal. Os resultados da análise de limiar de táxons indicadores (TITAN) indicaram a existência de um ponto de mudança para os táxons mais sensíveis entre 4,4 e 5,9% de perda de cobertura vegetal. Essa acentuada perda de táxons sensíveis em resposta a uma pequena perda de cobertura vegetal na faixa de 30 m de largura em cada margem dos riachos é um forte indício de que as atuais dimensões da Área de Preservação Permanente no Brasil é insuficiente para proteger os invertebrados de riachos e, possivelmente, outros organismos em áreas de floresta Amazônica. No segundo capítulo, foi avaliada a congruência entre a comunidade de invertebrados aquáticos e três de seus subgrupos (EPT [Ephemeroptera, Plecoptera e Trichoptera]; Odonata; e Trichoptera), e em dois níveis de resolução taxonômica (gênero e família) da comunidade com uso da análise Procustes. Houve alta congruência entre a comunidade e EPT (94% e 96%) e a comunidade e Trichoptera (73% e 84%). Odonata apresentou uma congruência moderada com a comunidade (68%). As duas resoluções taxonômica também apresentaram forte correlação entre si (85% e 91%). Considerando a relação custo-benefício, sugere-se o uso de Trichoptera (abundância) ou invertebrados em nível de família como substitutos da comunidade de invertebrados em medidas de avaliação e de conservação de riachos sob efeito do uso da terra para atividades agrícolas. No terceiro capítulo, foi abordado o efeito do uso da terra e cobertura do solo e de características naturais do habitat sobre a diversidade e composição funcional da comunidade de EPT nos riachos. A intensificação no distúrbio antrópico levou à redução na riqueza e diversidade funcional de EPT em Paragominas e Santarém. A composição da comunidade também mudou com a intensificação no distúrbio antrópico, especialmente em Paragominas, onde a perda de cobertura vegetal na zona ripária foi maior. Esses resultados mostram que a perda de espécies afeta a funcionalidade das comunidades aquáticas e deve refletir sobre o funcionamento dos riachos. Por fim, conclui-se que foi possível identificar os efeitos do uso da terra (agricultura) sobre riachos de baixa ordem na Amazônia Oriental utilizando as variações na estrutura taxonômica e funcional da comunidade de invertebrados aquáticos.
Abstract: Land use is the main threat to biodiversity and natural ecosystems, especially in the tropics, where original vegetation has been replaced by agricultural crops to meet global demand for food. Understanding ecosystem dynamics in landscapes dominated by agriculture is critical to implementation of conservation measures. The aim of the present thesis was to evaluate effects of land use on low-order streams in the eastern Amazon using variations in taxonomic and functional structure of aquatic invertebrate communities. For better understanding, this thesis was divided into three chapters. The first chapter evaluated the existence of a change point in the invertebrate community in relation to vegetation cover loss. Threshold indicator taxa analysis (TITAN) results indicated existence of a change point for the most sensitive taxa at 4.4 and 5.9% of vegetation cover loss. This sharp decline of sensitive taxa in response to a small loss of vegetation in a 30 m wide buffer on each stream bank is a strong indication that the required “Permanent Preservation Area” is insufficient to protect stream invertebrates and possibly other organisms in Amazon rainforest areas. In the second chapter, congruence between the aquatic invertebrate community and three subgroups of the community: (EPT [Ephemeroptera, Plecoptera and Trichoptera], Odonata and Trichoptera) and within the community at the genus and family levels were assessed using Procustes analysis. High congruence was recorded between community and EPT (94% and 96%) and between community and Trichoptera (73% and 84%). Odonata presented moderate congruence with community (68%). The two taxonomic resolutions also showed strong correlation (85% and 91%). Due to cost-benefit it is suggested that Trichoptera (abundance) or invertebrates at the family level be used as substitutes for the invertebrate community in assessments and in conservation of streams under the influence of agriculture. The third chapter evaluated effects of land use/ cover and natural habitat metrics on diversity and functional structure of the EPT community in lower order streams of the eastern Amazon. Increase in anthropogenic disturbance reduces EPT richness and functional diversity in Paragominas and Santarém. Community structure has also changed with intensification of anthropic disturbance, especially in Paragominas, where vegetation loss in the riparian zone was higher. These results show that species loss affects aquatic community functionality, and this should reflect on stream functioning. Finally, it was possible identify the effects of land use (agriculture) on the low-order streams in the eastern Amazon using variations in the taxonomic and functional structure of aquatic invertebrates community
Palavras-chave: Invertebrados aquáticos
Ecologia de paisagem
Riachos
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: Brito, Janaina Gomes de. Comunidade de invertebrados aquáticos como ferramenta para avaliar o efeito do uso da terra sobre riachos da Amazônia Oriental, Brasil /. 2016. 138 f.. Tese( Ciências Biológicas (Entomologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus,2016] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2226
Data de defesa: 29-Ago-2016
Aparece nas coleções:Doutorado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Janaina_Final pdf.pdf5,87 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons