Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2323
Tipo do documento: Tese
Título: Filogenia da subfamília Todirostrinae (Aves, Rhynchocyclidae) e biogeografia dos complexos Lophotriccus e Oncostoma
Autor: Kohler, Glauco 
Primeiro orientador: Ribas, Camila Cherem
Primeiro coorientador: Cohn-Haft, Mario
Resumo: A subfamília Todirostrinae (Tello, Moyle, Marchese & Cracraft, 2009) compreende sete gêneros e cerca de 51 táxons reconhecidos distribuídos do sul do México ao nordeste da Argentina, ocorrendo em vários tipos de ambientes florestais. Sua taxonomia e sistemática são tradicionalmente baseadas em sinapomorfias de pequeno tamanho corporal e formato do bico, levando a uma histórica controvérsia sobre sua taxonomia e relações evolutivas. Neste estudo objetivou-se, por meio de uma abordagem multilocus (5 loci, 3153 pb) da maior filogenia construída para o grupo, inferir as relações filogenéticas em Todirostrinae, reconhecendo gêneros válidos e estimando o tempo de diversificação. Foi encontrada parafilia em quatro gêneros de Todirostrinae e também em cinco táxons do grupo. O gênero Hemitriccus corresponde a nove linhagens parafiléticas, quatro das quais, correspondendo a gêneros novos e mais cinco gêneros previamente reconhecidos em literatura, de forma similar aos gêneros Myiornis e Lophotriccus (ambos com duas linhagens parafiléticas). O gênero Poecilotriccus apresenta quatro linhagens parafiléticas, três das quais correspondendo a gêneros novos. Os resultados das reconstruções filogenéticas serviram como base para a proposta de um novo arranjo taxonômico para o grupo. A origem e diversificação dos gêneros pode ser explicada por eventos geológicos nos Andes e Escudo Brasileiro bem como ciclos glaciais do Pleistoceno. O gênero Lophotriccus, amplamente distribuído em planícies e florestas montanas em todo o Neotrópico setentrional e América Central, possui taxonomia controversa e limites de espécies pouco definidos. Adicionalmente, objetivou-se estimar a filogenia, limites das espécies e biogeografia histórica de Lophotriccus, utilizando uma abordagem multilocus (5 loci, 3153 pb) cobrindo todos os táxons descritos. Descobriu-se que o gênero Lophotriccus é parafilético em relação a Oncostoma e Hemitriccus minor. Além disso, todos os Lophotriccus tradicionalmente reconhecidos são parafiléticos, exceto L. eulophotes. A análise de delimitação de espécies suporta um status de espécie para todas as subespécies do gênero e quatro clados geograficamente estruturados em L. galeatus. A reconstrução biogeográfica otimizou a Amazônia ocidental e os Andes Centrais como áreas ancestrais mais prováveis e sugere múltiplos eventos de diversificação nos Andes, nas planícies amazônicas e na América Central, coincidindo com os ciclos glaciais do Pleistoceno.
Abstract: The subfamily Todirostrinae (Tello, Moyle, Marchese & Cracraft, 2009) comprises seven genera and about 51 recognized taxa distributed from southern Mexico to the northeast of Argentina, occurring in several forest environments. Its taxonomy and systematics are traditionally based on synapomorphies of small body size and beak shape, leading to a historical controversy over its taxonomy and evolutionary relationships. In this study, a multilocus (5 loci, 3153 bp) approach of the highest phylogeny constructed for the group was used to infer phylogenetic relationships in Todirostrinae, recognizing valid genera and estimating the time of diversification. Paraphily was found in four genera of Todirostrinae and also in five taxa of the group. The genus Hemitriccus corresponds to nine paraphyletic lines, four of which correspond to new genera and five genera previously recognized in the literature, similar to the genera Myiornis and Lophotriccus (both with two paraphyletic lineages). The genus Poecilotriccus presents four paraphyletic lines, three of which correspond to new genera. The results of the phylogenetic reconstructions served as basis for the proposal of a new taxonomic arrangement for the group. The origin and diversification of the genera can be explained by geological events in the Andes and Brazilian Shield as well as Pleistocene glacial cycles. The genus Lophotriccus, widely distributed in lowland and montane forests throughout the northern Neotropics and Central America, has controversial taxonomy and poorly known species limits. In addition, the objective was to estimate the phylogeny, species limits and historical biogeography of Lophotriccus using a multilocus approach (5 loci, 3153 bp) covering XVI all taxa described. It has been found that the genus Lophotriccus is paraphyletic in relation to Oncostoma and Hemitriccus minor. In addition, all traditionally recognized Lophotriccus are paraphyletic, except L. eulophotes. The species delimitation analysis supports a species status for all subspecies of the genus and four geographically structured clades in L. galeatus. Biogeographic reconstruction has optimized western Amazonia and Central Andes as more probable ancestor areas and suggests multiple diversification events in the Andes, Amazon plains and Central America, coinciding with the Pleistocene glacial cycles.
Palavras-chave: Todirostrinae
Relações filogenéticas
Filogeografia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)
Citação: Kohler, Glauco. Filogenia da subfamília Todirostrinae (Aves, Rhynchocyclidae) e biogeografia dos complexos Lophotriccus e Oncostoma. 2017. [144 f]. Tese( Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2017 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2323
Data de defesa: 5-Abr-2017
Aparece nas coleções:Doutorado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese Final Glauco Kohler.pdf7,88 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons