Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2325
Tipo do documento: Tese
Título: Isolamento, caracterização e mapeamento cromossômico de elementos repetitivos em espécies da família Anostomidae (Ostariophysi – Characiformes): análise comparativa em diferentes tipos de águas amazônicas
Autor: Barros, Lucas Caetano de 
Primeiro orientador: Feldberg, Eliana
Resumo: Anostomidae abriga cerca de 145 espécies, distribuidas em 13 gêneros, conhecidas, na região Norte, como aracus e nas demais regiões do Brasil, como piaus. No presente trabalho foram analisados 90 espécimes desta família, representando as espécies Megaleporinus trifasciatus (antigo Leporinus trifasciatus), Leporinus fasciatus, L. friderici, L. agassizi, Laemolyta taeniata, Anostomoides laticeps, Rhytiodus microlepis e Shizodon fasciatus, coletadas em cinco locais na Amazônia, com o objetivo de identificar como as modificações cromossômicas/genômicas podem estar relacionadas com diferentes condições ambientais, como os diferentes tipos de água que são encontrados nesta região. Para isso foram utilizadas técnicas da citogenética clássica (Giemsa, Ag-RON, Bandeamento C), citogenética molecular (Hibridização in situ fluorescente - FISH, cross-FISH e microdissecção do cromossomo W de M. trifasciatus). No geral, os resultados não revelaram padrões associados aos diferentes biótopos, tanto na análise intra-específica quanto interespecífica. Com relação à estrutura cariotípica, todas as espécies são conservativas em relação a vários marcadores cromossômicos convencionais, porém, diferenças significativas foram encontradas na distribuição da heterocromatina e do par portador da região organizadora de nucléolo. O DNAr 18S apresentou sítios múltiplos, evidenciados em vários pares cromossômicos em algumas espécies, enquanto o DNAr 5S foi localizado em um único par cromossômico em todas as espécies. A hibridização cruzada (crossFISH) com sondas de M. trifasciatus (WMt), M. elongatus (WMe) e M. macrocephalus (WMm)(espécies já analisadas) revelou que os genomas de M. trifasciatus, M. macrocephalus (espécies com sistema ZZ/ZW) e M. elongatus (espécie com sistema Z1Z1Z2Z2/Z1W1Z2W2) apresentam alto grau de similaridade, tanto na estrutura quanto na localização dos sítios de hibridização. Entretanto, a hibridização cruzada desta sonda, no genoma de espécies do gênero Leporinus, que não apresentam sistema de cromossomo sexual diferenciado, mostrou baixa similaridade. Esta informação é de grande importância, uma vez que o acúmulo de sequências repetitivas nas regiões ricas em genes pode refletir a diferenciação entre proto-sexuais, em diferenciação para o par heteromórfico ZW. Os resultados obtidos neste estudo mostram que as sequências repetitivas realmente possuem papel atuante na carioevolução dos anostomídeos, principalmente na evolução do sistema de cromossomos sexuais em M. trifasciatus, M. elongatus e M. macrocephalus e na origem dos múltiplos sítios de DNA ribossomal 18S em Rhytiodus microlepis, Laemolyta taeniata, Schizodon fasciatus e Megaleporinus trifasciatus.
Abstract: The Anostomidae are a fish family composed about 145 species distributed in 13 genera. The family is known in the North of Brazil as aracus and in other regions as piaus. In the present work 90 specimens of this family were analyzed, representing the species Megaleporinus trifasciatus (former Leporinus trifasciatus), Leporinus fasciatus, L. friderici, L. agassizi, Laemolyta taeniata, Anostomoides laticeps, Rhytiodus microlepis and Shizodon fasciatus. The samples were collected in five different locations in the Amazon region with the objective of identifying how chromosomal / genomic modifications can be related to different environmental conditions, such as the different types of water found in this region. For this, classical (Giemsa, Ag-RON, Bandeamento C) and molecular (fluorescence in situ hybridization - FISH, cross-FISH and microdissection of the W chromosome of M. trifasciatus) cytogenetics techniques were used. Overall, the results did not reveal patterns associated with the different biotopes, both in intraspecific and interspecific analysis. Regarding the karyotype structure, all species are conservative in relation to several conventional chromosome markers, however, significant differences were found in the distribution of the heterochromatin and the carrier pair of the nucleolus organizer region. 18S rDNA showed multiple sites, evidenced in several chromosome pairs in some species, whereas 5S rDNA was located in a single chromosome pair in all species. Cross-hybridization with M. trifasciatus (WMt), M. elongatus (WMe) and M. macrocephalus (WMm) probes (species already analyzed) revealed that the genomes of M. trifasciatus, M. macrocephalus (With ZZ / ZW system) and M. elongatus (species with system Z1Z1Z2Z2 / Z1W1Z2W2) present a high degree of similarity both in the structure and in the location of the hybridization sites. However, crosshybridization of this probe in the genome of species of the genus Leporinus, which do not present a differentiated sex chromosome system, showed low similarity. This information is of great importance, since the accumulation of repetitive sequences in the gene rich regions may reflect the differentiation between proto-sexual, in contrast with the heteromorphic pair ZW. The results obtained in this study show that the repetitive sequences actually play an active role in the anostomide carioevolution, especially in the evolution of the sex chromosome system in M. trifasciatus, M. elongatus and M. macrocephalus and in the origin of the multiple sites of 18S ribosomal DNA in Rhytiodus microlepis, Laemolyta taeniata, Schizodon fasciatus and Megaleporinus trifasciatus.
Palavras-chave: Aracu
Evolução genômica
Mapeamento cromossômico
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)
Citação: Barros, Lucas Caetano de. Isolamento, caracterização e mapeamento cromossômico de elementos repetitivos em espécies da família Anostomidae (Ostariophysi – Characiformes): análise comparativa em diferentes tipos de águas amazônicas. 2017. [109 f]. Tese( Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus,2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2325
Data de defesa: 7-Abr-2017
Aparece nas coleções:Doutorado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Lucas_Barros.pdf1,81 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons