Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2341
Tipo do documento: Dissertação
Título: Disponibilidade e eficiência no uso de nutrientes em florestas secundárias sob diferentes níveis de alteração na região de Santarém e Belterra, Amazônia Oriental
Autor: Brunello, Alexandre Tadeu 
Primeiro orientador: Manzi, Antonio Ocimar
Primeiro coorientador: Quesada, Carlos Alberto Nobre
Resumo: Nós avaliamos a disponibilidade e a eficiência no uso de nutrientes em florestas exploradas (EXP), exploradas e queimadas (EXPQ) e em florestas em regeneração após corte-raso (CR), comparando-as com florestas sem modificações antrópicas detectáveis (PRI) situadas na Floresta Nacional do Tapajós. Para tal, os solos foram amostrados seguindo o protocolo padrão do Projeto RAINFOR. Com a finalidade de compreender a complexa dinâmica do fósforo nessas florestas, foi utilizado o fracionamento sequencial de fósforo (Hedley, 1982). Além disto, a eficiência no uso de nutrientes foi abordada através da metodologia utilizada por Vitousek (1982, 1984). A soma de bases nos solos, embora não tenha se diferenciado estatisticamente (p > 0,05), tende a ser maior onde houve a ocorrência de fogo, o que por sua vez reflete em valores de pH mais elevados nas florestas EXPQ e CR (4,36 ± 0,25 e 4,36 ± 0,21 , respectivamente). Nitrato, K trocável e a fração de fósforo Po NaOH se correlacionaram positivamente com a produção de serapilheira (ρ = 0,67; ρ = 0,52; ρ = 0,35, respectivamente), sugerindo que, possivelmente, esses nutrientes estão fortemente associados com a produtividade dessas florestas. Não encontramos diferenças nos teores nem na distribuição das frações de fósforo no solo quando analisadas isoladamente ou em combinação (p > 0,05). A eficiência no uso do fósforo (EUP) não foi diferente entre as florestas estudadas (p > 0,05). Há fortes indícios de que as florestas aqui estudadas estão limitadas por fósforo, haja visto os baixos teores deste elemento no solo, bem como seu baixo retorno anual via serapilheira e a alta eficiência com que as florestas ciclam o nutriente, independentemente das alterações na cobertura vegetal. Embora ainda seja possível observar um gradiente de eficiência no uso nitrogênio (p < 0,05), sobretudo nas áreas que sofreram os impactos mais drásticos (CR), o suprimento de nitrogênio no solo, aparentemente, se aproxima das condições naturais, algum tempo decorrido desde os distúrbios.
Abstract: We have evaluated the availability and nutrients use efficiency in logged forests (EXP), logged and burned (EXPQ), and recovering forests after deforestation (CR), comparing them with undisturbed (PRI) at Tapajós National Forest. Thus, the soils were sampled following the RAINFOR Project standard protocol. In order to understand the complex dynamics of P in these forests, phosphorus sequential fractionation was applied (Hedley, 1982). In addition, nutrients use efficiency was addressed through the methodology used by Vitousek (1982, 1984). Although soil sum of bases was not statistically different between studied forests (p > 0.05), it tends to be higher where fire occurred, which in turn yielded greater pH values in EXPQ and CR forests (p < 0.05), 4.36 ± 0.25 e 4.36 ± 0.21, respectively. Nitrate, exchangeable K and phosphorus fraction Po NaOH were positively correlated (p < 0.05) with litter production (ρ = 0.67; ρ = 0.52; ρ = 0.35, respectively), which suggests that such nutrients are strongly associated with these forests productivity. We did not find differences in contents neither in soils phosphorus fractions distributions, either individually or in combined fractions (p > 0.05). Phosphorus use efficiency (EUP) was not different (p > 0.05). There is a strong evidence that forests studied here are limited by phosphorus, once there is low contents of this element in the soil, as well low annual return through litterfall and high efficiency cycling rates, regardless the vegetal cover alterations. Although a nitrogen use efficiency gradient is still noticeable (p < 0.05), markedly where the impacts were more drastic (CR), the soil nitrogen supply seems to getting close to the natural conditions, some time since the disturbances.
Palavras-chave: Florestas secundárias
Limitação nutricional
Fósforo
Solos – Amazônia
Fracionamento de fósforo
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências de Florestas Tropicais (CFT)
Citação: Brunello, Alexandre Tadeu. Disponibilidade e eficiência no uso de nutrientes em florestas secundárias sob diferentes níveis de alteração na região de Santarém e Belterra, Amazônia Oriental. 2016. 88 f. Dissertação( Ciências de Florestas Tropicais (CFT)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus,2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2341
Data de defesa: 30-Jun-2016
Aparece nas coleções:Mestrado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Alexandre Tadeu Brunello.pdf2,48 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons