Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2371
Tipo do documento: Dissertação
Título: Variabilidade de tsm no Atlântico Tropical em respostas às teleconexões de diferentes Enos e seus impactos na precipitação na América do Sul.
Autor: Figliuolo, Guilherme Cordeiro
Primeiro orientador: Souza, Rita Valéria Andreoli de
Primeiro coorientador: Kayano, Mary Toshie
Resumo: As mudanças nos padrões de teleconexões em resposta aos diferentes tipos do evento El Niño-Oscilação Sul (ENOS), classificado pelo posicionamento das anomalias de TSM em: evento do Pacífico Leste (EP) e Pacífico central (CP) e seus impactos na variabilidade da TSM sobre o Atlântico Tropical Norte (ATN) e na precipitação da América do Sul tropical (AST), durante as fases positiva e negativa da Oscilação Multidecenal do Atlântico (AMO) foram avaliadas durante o período 1901-2010, utilizando o método de composições para as anomalias trimestrais. Essas análises foram aplicadas aos campos de anomalias de variáveis atmosféricas e oceânicas (Temperatura da Superfície do Mar-TSM, precipitação, função de corrente em 200 hPa, ventos horizontais em 1000 hPa e Pressão ao nível médio do mar). Em relação à distribuição de eventos ENOS, os resultados são consistentes com os de estudos anteriores que evidenciam a relação entre a AMO e o ENOS, com maior frequência de eventos ENOS durante a fase fria da AMO. Os eventos El Niño (La Niña), independentemente do tipo (EP ou CP), durante a fase positiva (negativa) da AMO foram acompanhados por um aquecimento (resfriamento) no ATN após suas fases maduras. A dinâmica dessa relação envolve variações na circulação de Walker ou variações no padrão de teleconexão Pacífico/América do Norte (PNA). Por outro lado, para os anos de El Niño (La Niña) que ocorreram durante a fase negativa (positiva) da AMO não foram notadas variações significativas na TSM sobre o ATN. Esses resultados mostram o importante papel da pré-condição de ATSM no AT e norte, associadas às fases da AMO, na definição dos padrões de teleconexões em resposta ao ENOS. Quando os eventos de ENOS encontram-se na mesma fase que a AMO, os padrões de teleconexões extratropicais são dominantes, através do PNA, além disso, apresentam anomalias de mesmo sinal no Pacífico tropical e ATN, com uma pequena defasagem. Em fases distintas do ENOS e AMO, os padrões de teleconexões tropicais são predominantes, através da célula de Walker e do gradiente zonal inter-bacias, que é intensificado devido as anomalias de TSM observadas sobre o oceano Pacífico e o padrão neutro no Atlântico. Essas mudanças nos padrões de circulação afetam os padrões de precipitação na AST. Os resultados aqui apresentados destacam a importância das oscilações de baixa frequência na definição dos padrões de teleconexões entre os oceanos Pacífico e AT, não discutidos anteriormente.
Abstract: Changes in teleconnection patterns in response to different types of El Niño Southern Oscillation (ENSO), classified by the positioning of SST anomalies in: East Pacific (EP) and Central Pacific (CP) and their impacts on SST variability on the Tropical North Atlantic (TNA) and tropical South American precipitation, during the positive and negative phases of Atlantic Multidecadal Oscillation (AMO) were evaluated for the 1901-2010 period, using the composite method for the quarterly anomalies. These analyses were applied to atmospheric and oceanic anomaly variable fields (Sea Surface Temperature-SST, precipitation, 200 hPa stream function, 1000 hPa horizontal winds and mean sea level pressure). Regarding the distribution of ENSO events, the results shows consistency with previous studies on the relation between AMO and ENSO, with the ENSO events occurring more frequently during the negative phase of AMO. The El Niño (La Niña) events, independent of the type (EP or CP), during the positive (negative) phase of AMO were followed by a warming (cooling) on TNA after their mature phases. The dynamics of this relationship involve variations in Walker's circulation or variations in the Pacific North American (PNA) teleconnection pattern. On the other hand, for the El Niño (La Niña) years that occurred during the negative (positive) phase of the AMO, no significant variations were observed in the SST over the TNA. These results shows the important role of the SST anomaly precondition in the Tropical Atlantic and north, associated to AMO phases, in defining teleconnection patterns in response to ENSO. When ENSO and AMO are both in the same phase, the patterns of extratropical teleconnections are dominant, through the PNA, in addition, they have anomalies with the same sign in the tropical Pacific and in the TNA. On different phases of ENSO and AMO, the tropical teleconnection patterns are dominants, through the Walker circulation and the inter-basin zonal gradient that is intensified due to the observed SST anomalies in the Pacific Ocean and the neutral pattern in the Atlantic. These circulations pattern changes affect the rainfall over tropical South America. The results presented here highlight the importance of low frequency oscillations in defining the teleconnection patterns between the Pacific and AT oceans, not discussed previously.
Palavras-chave: Precipitação
Temperatura da Superfície do Mar
El Niño Oscilação do Sul
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Clima e Ambiente (CLIAMB)
Citação: FIGLIUOLO, Guilherme Cordeiro. Variabilidade de tsm no Atlântico Tropical em respostas às teleconexões de diferentes Enos e seus impactos na precipitação na América do Sul.. 2017. 105f. Dissertação( Clima e Ambiente (CLIAMB)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2371
Data de defesa: 29-Jun-2017
Aparece nas coleções:Mestrado - CLIAMB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSGCF_vf.pdf8,74 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.