Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2390
Tipo do documento: Dissertação
Título: Biocarvão e efeito residual de adubação fosfatada em mudas de Castanheira-do-Brasil (Bertholletia excelsa Bonpl.) em latosolo da Amazônia
Autor: Damaceno, João Batista Dias 
Primeiro orientador: Falcão, Newton Paulo de Souza
Resumo: A disponibilidade de fósforo em solos da Amazônia limita atividade agrícolas devido a alta afinidade desse nutriente com o solo, culminando na baixa eficiência dos fertilizantes. Uma das técnicas recentimente estudadas para reverter este cenário destaca-se o biocarvão, ao qual atribui-se a capacidade de diminuir processos que indisponibilizam o fósforo e aumentando seu efeito residual no solo. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho foi verificar a influência de doses de biocarvão sobre o efeito residual de adubo fosfatado no solo e na nutrição e desenvolvimento de mudas de Castanheira-do-Brasil. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho foi verificar a influência de doses de biocarvão sobre o efeito residual de adubo fosfatado no solo e na nutrição e desenvolvimento de mudas de Castanheira-do-Brasil. O experimento foi conduzido em casa de vegetação utilizando-se Latossolo Amarelo típico, em sequência a um experimento verificando o efeito imediato do biocarvão com o fósforo. Utilizou- se delineamento inteiramente casualisado em arranjo fatorial 5 x 2, sendo cinco doses de biocarvão (0, 20, 40, 60 e 80 t ha -1 ) e duas de fósforo anteriormente aplicado (0 e 100 mg dm -3 de P 2 O 5 ). As mudas utilizadas no experimento foram cedidas pela empresa Aruanã S.A com 7 meses de idade sendo padronizadas pela uniformidade e vigor. Ao longo do experimento avaliou-se mensalmente a altura das mudas, o diâmetro de coleto e o número de folhas e posteriormente ao experimento avaliaram-se a produção de matéria seca da parte aérea e das raízes, o comprimento da raiz principal e o volume total de raízes. A partir desses dados calculou-se a taxa e o crescimento absoluto em altura e diâmetro, a relação parte aérea/raiz, o ganho foliar, número de folhas finais e o índice de qualidade de Dickson. Além disso, avaliou-se a os teores de macro e micronutrientes foliares e atributos do solo: potencial hidrogeniônico, acidez potencial, alumínio trocável, teores de macro e micronutrientes e fósforo remanescente. A partir desses calculou-se a saturação e soma de bases, saturação por alumínio, a CTC efetiva e potencial. Independente do fósforo residual, o biocarvão elevou proporcionalmente às bases do solo (K, Ca, Mg) e consequentemente a soma e saturação por bases. O biocarvão presente no substrato continuou influenciando positivamente nos atributos do solo após um ano e meio de sua aplicação. A aplicação de 20 e 40 t ha -1 de biocarvão no substrato promoveu o melhor efeito residual do adubo fosfatado. O fósforo residual não influenciou de maneira clara a absorção folia de K, Ca e Mg. O aumento das doses de biocarvão no substrato promoveu decréscimos na absorção foliar de fósforo e favocereu a absorção dos micronutrientes. Exceto para os teores de N e Mn, os teores dos outros elementos são semelhantes aos encontrados em trabalhos semelhantes. A presença do fósforo residual em doses mais baixas de biocarvão (< 40 t ha -1 ) promoveu melhor desenvolvimento mensal em altura das mudas e diâmetro do coleto. A presença do fósforo residual promoveu incrementos nas alturas das mudas de Castanhaeira, entretanto, não influenciou expressivamente no diâmetro do coleto. As doses acima de 40 t ha -1 de biocarvão promoveram menores ganhos foliares, maior relação altura/diâmetro e menores ganhos de biomassa seca da raíz e da parte aérea. A presença do fósforo residual não influenciou positivamente nessas variáveis. Menor relação matéria seca da parte aérea/ raízes foram obtidas em doses acima de 40 t ha -1 de biocarvão. Obteve-se maior comprimento de raízes em doses de biocarvão acima de 40 t ha -1 , enquanto que menor volume de raízes observado em doses abaixo de 40 t ha -1 . Obteve-se maior índice de qualidade de dickson das mudas nas doses abaixo de 40 t ha -1 de biocarvão sem a presença do fósforo residual.
Abstract: The availability of phosphorus in Amazonian soils limits agricultural activity due to the high affinity of this nutrient with the soil, culminating in the low efficiency of the fertilizers. One of the techniques recently studied to reverse this scenario is the bio-coal, which is attributed to the ability to reduce processes that make phosphorus unavailable and increase its residual effect on the soil. Considering the above, the objective of this work was to verify the influence of doses of bio-carbon on the residual effect of phosphate fertilizer on soil and nutrition and development of Castanheira-do-Brasil seedlings. Considering the above, the objective of this work was to verify the influence of doses of bio-carbon on the residual effect of phosphate fertilizer on soil and nutrition and development of Brazil Nuts seedlings. The experiment was conducted in a greenhouse using a typical Yellow Latosol, in sequence to an experiment, verifying the immediate effect of the biochar and the phosphorus. A completely randomized design was used in a 5 x 2 factorial arrangement, with five doses of bio-carbon (0, 20, 40, 60 and 80 t ha -1 ) and two previously applied phosphorus (0 and 100 mg dm -3 P 2 O 5 ). The seedlings used in the experiment were assigned by Aruanã S.A company at 7 months of age, being standardized by uniformity and vigor. During the experiment, the height of the seedlings, the collection diameter and the number of leaves were evaluated monthly, and the dry matter production of shoots and roots, main root length and total volume of roots. From these data the rate and absolute growth in height and diameter, shoot / root ratio, leaf gain, number of final leaves and the Dickson quality index were calculated. In addition, the levels of macro and micronutrients foliars and soil attributes were evaluated: hydrogen ionic potential, potential acidity, exchangeable aluminum, macro and micronutrient contents and remaining phosphorus. From these, the saturation and sum of bases, saturation by aluminum, the effective and potential CTC were calculated. Regardless of the residual phosphorus, the biochar increased proportionally to the soil bases (K, Ca, Mg) and consequently the sum and base saturation. The biocarbon present in the substrate continued to positively influence the soil attributes after a year and a half of its application. The application of 20 and 40 t ha -1 of biochar in the substrate promoted the best residual effect of the phosphate fertilizer. Residual phosphorus did not influence in a clear way the foliate absorption of K, Ca and Mg. The increase of the biocharous doses in the substrate promoted decreases in the foliar absorption of phosphorus and favored the absorption of micronutrients. Except for the contents of N and Mn, the contents of the other elements are similar to those found in similar works. The presence of residual phosphorus in lower doses of biochar (<40 t ha -1 ) promoted a better monthly development in height of the seedlings and diameter of the collection. The presence of residual phosphorus promoted increases in the height of the Castanhaeira seedlings, however, it did not significantly influence the collection diameter. The doses above 40 t ha -1 of bio-carbon promoted lower leaf gain, higher height-to-diameter ratio, and lower gains of dry biomass of root and shoot. The presence of residual phosphorus did not positively influence these variables. Lower dry matter ratio of aerial part / roots were obtained at doses above 40 t ha -1 of bio-coal. Greater root length was obtained at biocharging doses above 40 t ha -1 , while lower root volume observed at doses below 40 t ha -1 . The highest quality index of dickson seedlings was obtained at doses below 40 t ha -1 of bio-carbon without the presence of residual phosphorus.
Palavras-chave: Biochar. Disponibilidade. Fosfato. Adsorção. Silvicultura.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Agricultura no Trópico Úmido (ATU)
Citação: Damaceno, João Batista Dias. Biocarvão e efeito residual de adubação fosfatada em mudas de Castanheira-do-Brasil (Bertholletia excelsa Bonpl.) em latosolo da Amazônia. 2017. 86 f. Dissertação( Agricultura no Trópico Úmido (ATU)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2390
Data de defesa: 28-Jul-2017
Aparece nas coleções:Mestrado - ATU

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação ATU (João Dias).pdf2,59 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons