Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2397
Tipo do documento: Dissertação
Título: A história humana através dos padrões de recrutamento e trajetórias de crescimento de Bertholletia excelsa em um castanhal na Amazônia Central
Autor: Andrade, Victor Lery Caetano 
Primeiro orientador: Schöngart, Jochen
Primeiro coorientador: Clement, Charles Roland
Resumo: Desde o momento em que os seres humanos chegaram à região amazônica, pelo menos a 12 mil anos, começaram a manejar a floresta, em um processo de domesticação de longo prazo. Mas com o colapso demográfico indígena após 1492, essa antiga relação entre humanos e florestas pode ter sido parcialmente perdida. Bertholletia excelsa Bonpl. (Lecythidaceae) é uma árvore icônica que domina vastas áreas da floresta amazônica e conhecida por ser usada, manejada e domesticada por humanos desde antes da chegada europeia na Amazônia. Considerando a íntima relação histórica entre os seres humanos e a castanha da Amazônia, ainda não está claro se a dinâmica das populações a longo prazo dessa espécie dentro da floresta foi conduzida por práticas de manejo e se essa interação mudou após o colapso das sociedades pré-coloniais. Aqui, reconstruímos mais de 300 anos da dinâmica populacional de um castanhal na Amazônia Central e relacionamos com a história humana nessa região. Para isso, combinamos as análises de anéis de crescimento que podem revelar o modo como as taxas de recrutamento e crescimento das árvores mudaram ao longo do tempo, com informações históricas sobre os principais fatos políticos e econômicos que podem ter impactado a vida de indígenas e colonos. Nossos resultados revelam que a intensificação do domínio político sobre a colônia em torno de 1800 coincidiu com fortes reduções de recrutamento e taxas de crescimento de B. excelsa, sugerindo o abandono das práticas de manejo indígena. Um pulso de recrutamento mais recente no século 20, associado a ciclos sem precedentes de liberação e supressão de crescimento, sugerem uma nova fase de gerenciamento envolvendo práticas não-indígenas. Nossas descobertas sugerem que os seres humanos têm historicamente dado forma a dinâmica da população de castanheiras, e aludem à perda do antigo conhecimento de manejo florestal com o colapso das sociedades pré-colombianas.
Abstract: From the moment Humans arrived in the Amazonian region, at least 12 ky ago, they started managing the forest, in a long term domestication process, yet with the indigenous demographic collapse after 1492, this ancient human-forest relationship may have been partially lost. Bertholletia excelsa Bonpl. (Lecythidaceae) is an iconic nut tree that dominates vast swaths of the Amazon forest, and known for being used, managed and domesticated by humans since before the European arrival. Considering the intimate historical relationship between humans and the Amazon nut tree, it remains unclear if the long term population dynamics of this species within the forest has been driven by management practices, and if this interaction changed following the collapse of pre-colonial societies. Here we reconstruct over 300 years of population dynamics for a living Amazon nut tree stand in Central Amazonia, and relate this dynamics with human history in that region. For this we combine the analyses of tree-rings that may reveal how tree recruitment and growth rates changed through time, with historical information on the main political and economical facts that may have impacted the lives of indigenous and colonists. Our results reveal that the intensification of political dominance over the colony around 1800 coincided with sharp reductions of recruitment and growth rates of B. excelsa, suggesting the abandonment of indigenous management practices. A more recent recruitment pulse in the 20 th century, associated with unprecedented cycles of growth release and suppression, suggest a new management phase involving non-indigenous practices. Our findings suggest that humans have historically shaped nut tree population dynamics across the Amazon, and allude to the loss of ancient management knowledge with the collapse of pre-Columbian societies.
Palavras-chave: Bertholletia excelsa. Ecologia Histórica. Dendroecologia. Amazonia pré-colombiana.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências de Florestas Tropicais (CFT)
Citação: Andrade, Victor Lery Caetano. A história humana através dos padrões de recrutamento e trajetórias de crescimento de Bertholletia excelsa em um castanhal na Amazônia Central. 2017. 38 f. Dissertação( Ciências de Florestas Tropicais (CFT)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2397
Data de defesa: 28-Abr-2017
Aparece nas coleções:Mestrado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Victor LC Andrade -CFT INPA.pdf1,46 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons