Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2509
Tipo do documento: Dissertação
Título: Qualidade fisiológica de sementes peletizadas de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal)
Título(s) alternativo(s): Physiological quality of pelleted cubiu seed (Solanum sessiliflorum)
Autor: Sprey, Layanne Muniz 
Primeiro orientador: Ferreira, Sidney Alberto do Nascimento
Resumo: Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de distintos materiais de recobrimento na qualidade fisiológica de sementes de cubiu. Para tanto, foram testados três materiais aglomerantes (fécula de mandioca, talco inerte e calcário dolomítico) e dois polímeros aglutinantes (acetato de polivinila e goma arábica) na concentração de 30%, e, ao final, acabamento com corante artificial. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 (aglomerantes) x 2 (aglutinantes), com tratamento controle (sementes nuas), com quatro repetições e cinquenta sementes/péletes por unidade experimental. As sementes foram avaliadas quanto ao: rendimento; diâmetro das sementes/péletes; massa de mil sementes; número de sementes por péletes; germinação; índice de velocidade de germinação; tempo médio de germinação, comprimento da plântula; massa fresca e seca da plântula e emergência. De maneira geral, a peletização aumentou a massa e o diâmetro da unidade de propagação. A barreira física imposta às sementes pela peletização não influenciou na germinação, mas promoveu atraso na velocidade de germinação em relação às sementes nuas, não sendo observado esse efeito na emergência. O recobrimento com calcário dolomítico e acetato de polivinila apresentaram os melhores resultados de germinação e vigor.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the effect of different recovery materials on the physiological quality of cubiu seeds. This was evaluated with three binder materials (manioc starch, inert talc and dolomitic limestone) and two binder polymers (polyvinyl acetate and gum arabic) with a 30% concentration, and artificial dye finishing. The experimental design was completely randomized, in factorial scheme 3 (agglomerates) x 2 (binders), and additional treatment (bare seeds), containing four replicates and experimental units of fifty seeds/pellets. The seeds were evaluated for: yield; seed/pellet diameter; thousand seed weight; number of seeds per pellets; germination; germination speed index; mean germination time, seedling length; fresh and dry mass of the seedling and emergence. In general, pelletizing increased the weight and diameter of the propagation unit. The physical barrier applied to the seeds by the pelletization did not influence the germination, but delayed the germination rate in relation to the bare seeds, and this effect was not observed in seedling emergence. The coating with dolomitic limestone and polyvinyl acetate presented the best results of germination and vigor.
Palavras-chave: Cubiu
Recobrimento de semente
Germinação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Agricultura no Trópico Úmido (ATU)
Citação: Sprey, Layanne Muniz. Qualidade fisiológica de sementes peletizadas de cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal). 2018. 45 f. Dissertação( Agricultura no Trópico Úmido (ATU)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2509
Data de defesa: 4-Mai-2018
Aparece nas coleções:Mestrado - ATU

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Layanne Muniz Sprey .pdf973,61 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons