Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2512
Tipo do documento: Tese
Título: Dinâmica e potencial de créditos de carbono na floresta manejada da flona do Tapajós, estado do Pará
Autor: Aguiar, Diego Ribeiro de 
Primeiro orientador: Santos, Joaquim Dos
Primeiro coorientador: Lima, Adriano José Nogueira
Resumo: Estudos de biomassa em florestas tropicais têm sido utilizados para avaliação ecológica da vegetação e atualmente tem um papel muito importante no processo de assimilação do carbono atmosférico, principalmente devido a mudança no uso da terra na Amazônia. Assim, é necessário saber a quantidade de carbono absorvido na floresta após a exploração florestal. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo estudar o efeito do manejo florestal na dinâmica da vegetação e estimar o potencial de créditos de carbono das espécies arbóreas após a exploração na Floresta Nacional do Tapajós (FNT). A pesquisa foi realizada na FNT, ao longo da rodovia Cuiabá-Santarém (BR-163), localizada no estado do Pará, na porção central da floresta amazônica. Para a análise da vegetação foi empregada amostragem em conglomerados alocados aleatoriamente em 37 unidades amostrais com 4 subunidades (parcelas) de 5 m x 50 m, representando uma área amostral de 3,7 ha. Em cada subunidade de conglomerado, antes e após a exploração, foram mensurados todas as árvores com diâmetro a 1,30 m do solo (DAP) ≥ 5 cm e altura total em metros com o aparelho Truepulse 360. Para o sítio controle foram utilizadas 9 parcelas, medindo 50 m x 50 m, totalizando uma área de 2,25 ha. A análise de variância (ANOVA) para o incremento de carbono obteve diferença para as áreas de estudos (F=707,6; p=1,86E-07) e foi significativa de acordo com o teste Tukey (p=3E-07). Em uma análise temporal da área de manejo, o estoque de carbono foi restabelecido após sete anos da atividade florestal, algo que evidencia o serviço ambiental superior (incremento anual 2,13±0,10 MgC.ha -1 ) ao de uma floresta sem intervenção madeireira (incremento 0,85 MgC.ha -1 ). Na análise do potencial de créditos de carbono, o cenário com manejo e queimada, a floresta teve uma perda de 46,73 MgCO 2 eq.ha -1 no manejo e após 5 anos recuperou 31,99 MgCO 2 eq.ha -1 do estoque perdido durante a atividade. Com a queimada, emitiu 156,01 MgCO 2 eq.ha -1 . Quando realizada a projeção de crescimento no segundo cenário, a floresta recuperou o estoque em sete anos e ao longo do ciclo de corte, poderia estocar 218,65 MgCO 2 eq.ha -1 . Isso demonstra resiliência da vegetação diante do sistema de manejo, o que pode ser o diferencial para agregar maior valor a floresta Amazônica, considerando o serviço ambiental carbono.
Abstract: Biomass studies in tropical forests have been used for ecological evaluation of vegetation and currently play a very important role in the assimilation process of atmospheric carbon, mainly due to the change in land use in the Amazon. It is therefore necessary to know the amount of carbon absorbed in the forest after logging. The objective of this study was to study the effect of forest management on vegetation dynamics and to estimate the carbon credits potential of tree species after logging in the Tapajós National Forest (FNT). The research was carried out at the FNT, along the Cuiabá-Santarém highway (BR-163), located in the state of Pará, in the central portion of the Amazon forest. For vegetation analysis, sampling was carried out in conglomerates randomly assigned to 37 sample units with 4 subunits (plots) of 5 m x 50 m, representing a sample area of 3.7 ha. In each conglomerate subunit, before and after the exploration, all trees with a diameter of 1,30 m (DAP) ≥ 5 cm and total height in meters were measured with the Truepulse 360 apparatus. For the control site, 9 plots, measuring 50 mx 50 m, totaling an area of 2.25 ha. The analysis of variance (ANOVA) for the carbon increment obtained a difference for the study areas (F = 707.6, p = 1.86E-07) and was significant according to the Tukey test (p = 3E-07) . In a temporal analysis of the management area, the carbon stock was reestablished after seven years of forestry activity, evidencing the superior environmental service (annual increase 2.13 ± 0.10 MgC.ha -1 ) to that of a forest without timber intervention (increment 0.85 MgC.ha -1 ). In the analysis of the potential carbon credits, the scenario with management and burning, the forest had a loss of 46.73 MgCO 2 eq.ha -1 in the management and after 5 years recovered 31.99 MgCO 2 eq.ha -1 from the lost stock during the activity. With the burning, it emitted 156.01 MgCO 2 eq.ha -1 . When the growth projection was performed in the second scenario, the forest recovered the stock in seven years and during the cutting cycle, could store 218.65 MgCO 2 eq.ha -1 . This shows the resilience of the vegetation before the management system, which can be the differential to add greater value to the Amazon forest, considering the environmental service carbon.
Palavras-chave: Manejo florestal
Serviço ambiental
Biomassa
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências de Florestas Tropicais (CFT)
Citação: Aguiar, Diego Ribeiro de. Dinâmica e potencial de créditos de carbono na floresta manejada da flona do Tapajós, estado do Pará. 2018. 148 f. Tese( Ciências de Florestas Tropicais (CFT)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2512
Data de defesa: 19-Mar-2018
Aparece nas coleções:Doutorado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_DiegoAguiar.pdf2,91 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons