Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2548
Tipo do documento: Dissertação
Título: FAUNA DE Culicoides (DIPTERA: CERATOPOGONIDAE) DO ESTADO DE RONDÔNIA, BRASIL
Autor: Carvalho, Luis Paulo Costa de 
Primeiro orientador: Morais, José Wellington de
Primeiro coorientador: Medeiros, Jansen Fernandes
Resumo: A família Ceratopogonidae possui quatro gêneros hematófagos: Forcipomyia, Leptoconops, Austroconops e Culicoides. Os Culicoides são insetos com até 3 mm de tamanho, as fêmeas são vetores de helmintos, protozoários e vírus. As principais arboviroses transmitidas são Oropouche, endêmica da bacia amazônica e Vírus da Língua Azul, que acomete bovinos silvestres e domésticos. As coletas de conveniência foram realizadas nos municípios de Alvorada do Oeste, Buritis, Cacoal, Costa Marques, Espigão do Oeste, Guajará-Mirim, Pimenta Bueno e São Francisco Guaporé, no estado de Rondônia, por meio de armadilhas luminosas HP entre 18:00 e 06:00. As coletas sistemáticas foram feitas no município de Porto Velho nos ambientes de floresta e pasto. Foram capturados 2.196 indivíduos, (1.515 fêmeas e 681 machos), distribuídos em 43 espécies e 27 morfótipos. As espécies mais frequentes foram Culicoides insignis (n=1.594; 72,59%), C. foxi (n=76; 3,46%), C. hildebrandoi (n=53; 2,41%), C. leopoldoi (n=44; 2%), C. ocumarensis (n=34; 1,55%), C. pusillus (n=29; 1,32%) e C. glabrior (n=28; 1,28%). Houve 37 novos registros de espécies em Rondônia e três novos registros para o Brasil. Os municípios com maior riqueza foram Porto Velho (56), Cacoal (26) e Costa Marques (14). Os municípios com menor de número de espécies foram Espigão do Oeste (4), Buritis (3) e Alvorada do Oeste (2). As espécies com maior distribuição foram C. foxi e C. leopoldoi. No município de Porto Velho foram capturados 1.773 indivíduos (1.179 fêmeas e 594 machos), sendo coletados 228 espécimens e 51 espécies em floresta, e 1.545 indivíduos e 19 espécies em pasto. As espécies mais abundantes foram C. Insignis (1.472; 83%), C. foxi (45; 2,5%), C. glabrior (25; 1,4%) e C. ocumarensis (23; 1,3%). Floresta apresentou maior riqueza (41) e o pasto apresentou maior abundância (n=1.545). No pasto as espécies mais abundantes foram C. insignis (1.457-94,30%), C. foxi (34-2,20%) e C. ocumarensis (14-0,90%), e em floresta as mais abundantes foram C. glabrior (25-10,96%), C. Insignis (15 6,57%) e C. tetrathyris (15-6,57%). A diversidade de espécies e a homogeneidade foram maiores em área de floresta do que o ambiente pasto. Houve diferença estatística significativa (p=0,02) na composição de espécies por ambiente. Foram realizadas diagnoses de alguns morfótipos de Rondônia. O achado de espécies de Culicoides em Rondônia contribui agora para o total de 46 espécies, representando 36,8% das espécies amazônicas. As espécies C. darlingtonae, C. contubernalis e C. rodriguezi contribuem para a ampliação da distribuição geográfica dessas espécies e o incremento da fauna de espécies amazônicas. A ampla distribuição de C. foxi e C. leopoldoi sugere que essas espécies são ecléticas às opções de ecótopos e fontes de repasto (galinhas, gados e humanos). A alta abundância de C. Insignis indica que o comportamento alimentar sobre os mamíferos pode ser um dos fatores que contribui para o elevado número de indivíduos em armadilhas luminosas, quando colocadas próximas a fontes de repasto. O baixo número de C. paraensis na zona rural sugere que essa espécie é pouco atraída às armadilhas luminosas devido a seu hábito diurno ou ao hábito antropofílico e urbano que essa espécie apresenta. Em Porto Velho, a maior abundância de C. insignis em pasto pode está relacionado ao substrato úmido e enlameado com matéria orgânica em decomposição, que favorece o desenvolvimento de imaturos. A maior diversidade em floresta pode ser explicada pelos corpos d’água, brejos, serrapilheira, cascas de frutas presentes neste ecótopo, que torna propício à proliferação e manutenção de espécies de Culicoides. A diagnose dos principais morfótipos mostra diferenças e semelhanças em relação às espécies já descritas, indicando possíveis espécies novas para o estado de Rondônia.
Abstract: The Ceratopogonidae family possesses four hematophagics genus: Forcipomyia, Leptoconops, Austroconops and Culicoides. The Culicoides are insects with 3mm in length, the female are vectors of helminths, protozoan and virus. The main arboviruses transmitted are Oropouche virus, endemic of amazon basin and Bluetongue Virus, which affects both wildlife and domestic livestocks. The convenience collections were done on Alvorada do Oeste, Buritis, Cacoal, Costa Marques, Espigão do Oeste, Guajará-Mirim, Pimenta Bueno, São Francisco Guaporé and Porto Velho municipalities, in Rondônia state through HP light traps between 18:00 and 06:00. Systematic collections were made in Porto Velho municipality on forest and pasture environments. Were collected 2,196 Culicoides (1,515 females and 681 males) distributed throughout 43 species and 27 morfotypes. The species most frequent were Culicoides insignis (n=1,594; 72.59%), C. foxi (n=76; 3.46%), C. hildebrandoi (n=53; 2.41%), C. leopoldoi (n=44; 2%), C. ocumarensis (n=34; 1.55%), C. pusillus (n=29; 1.32%) and C. glabrior (n=28; 1.28%). There were 37 news records of species in Rondônia and three for Brazil. The municipalities with greatest richness were Porto Velho (56), Cacoal (26) e Costa Marques (14). The municipalities with lowest richness were Espigão do Oeste (4), Buritis (3) and Alvorada do Oeste (2). Species with greatest distribution were C. foxi and C. leopoldoi. In Porto Velho were collected 1,773 individuals (1,179 female and 594 males), collected 228 individuals and 51 species in forest, and collected 1,545 individuals and 19 species in pasture. The most abundant species were C. insignis (n=1,472; 83%), C. foxi (n=45; 2.5%), C. glabrior (n=25; 1.4%) and C. ocumarensis (n=23; 1.3%). The forest presented most richness (41 species) and pasture presented greatest abundance (1,545 individuals). In Pasture the most abundant species were C. insignis (1,457-94.30%), C. foxi (34-2.20%) and C. ocumarensis (14-0.90%), and Forest the most abundant species were C. Glabrior (25-10.96%), C. insignis (15-6.57%) e C. tetrathyris (15-6.57%). Diversity of species and eveness on Forest environment were greatest than Pasture environment. There was significant statistical difference (p=0.02) on species composition per environment. Diagnoses of some individuals of Rondônia were made. The findings of species of Culicoides on Rondônia now contribute to the total of 46 species, representing 36.8% of amazon species. The species C. Darlingtonae, C. contubernalis e C. rodriguezi contribute for ampliation of geographic distribution this species and increase of amazon species fauna. The wide distribution of C. foxi and C. leopoldoi suggest that this species are ecletics for ecotypes and blood meal sources (chicken, livestock and human). The high abundance of C. insignis indicates that feeding behavior on mammals can be one of the factors contributing to the high number of individuals on light traps when placed near blood meal sources. Low number of individuals of C. paraensis on rural areas suggests that this specie is little attracted to light traps due to its diurnal or anthropophilic and urban habit that this species has. In Porto Velho, greatest abundance of C. insignis on Pasture can is related to the wet and muddy substrate with decaying organic matter, which favors the development of immature. The greatest diversity in forest can be explained by water bodies, wetlands, undergrowth, fruit peels present in this breeding sites, which makes it conducive to the proliferation and maintenance of Culicoides species. The diagnosis of the main morphotypes shows differences and similarities in relation to species already described, indicating possible new species for the state of Rondônia.
Palavras-chave: Culicoides insignis
Febre de oropouche
Pasto
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: Carvalho, Luis Paulo Costa de. FAUNA DE Culicoides (DIPTERA: CERATOPOGONIDAE) DO ESTADO DE RONDÔNIA, BRASIL. 2016. 108 folhas. Dissertação( Ciências Biológicas (Entomologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2548
Data de defesa: 25-Mai-2016
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_Luis_versao_final.pdf14,75 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons