Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2550
Tipo do documento: Dissertação
Título: Influência do El Niño 2015-2016 no incremento diamétrico das árvores da Amazônia Central
Autor: Ramírez Méndez, Carolina 
Primeiro orientador: Higuchi, Niro
Primeiro coorientador: Costa, Flávia Regina Capellotto
Resumo: A intensidade e frequência das secas severas na região amazônica estão aumentando. Diminuições na taxa de crescimento e aumento na mortalidade de árvores foram relatados em secas anteriores, consequentemente, diminuindo a produção primária líquida da floresta. Em 2015-2016, ocorreu a seca mais severa dos últimos anos causada pelo El Niño, assim o crescimento das árvores pode estar comprometido. Sendo assim, foi monitorado o incremento mensal e anual de 325 árvores com bandas dendrométricas um ano antes da seca, no ano do evento e um ano depois, em uma floresta de terra firme na Amazônia Central. O incremento anual e mensal do diâmetro das árvores durante os períodos monitorados foi calculado para detectar eventuais alterações nas taxas de incremento durante a seca e entre os períodos. Além disso, as árvores foram classificadas por diâmetro, densidade da madeira e posição topográfica para identificar quais características são mais vulneráveis durante a seca. Uma redução significativa no incremento em diâmetro anual e mensal foi encontrada em todas as árvores após a seca. Árvores maiores e árvores localizadas nos platôs foram as mais afetadas na taxa de incremento, o que pode estar associado à redução da fotossíntese e estresse hidráulico causado pelo déficit hídrico. As árvores do baixio sofreram menos com a seca apresentando pouca reação sazonal à variação de precipitação. Nenhuma variação de incremento do caule foi detectada em função da densidade da madeira. Além disso, este estudo demonstrou que um ano após a seca, a taxa de crescimento média da floresta ainda não tinha sido recuperada. Árvores de tamanho médio localizadas nos baixios foram as que apresentaram taxas de recuperação mais lentas. O presente estudo enfatiza o grande efeito da seca no crescimento das árvores e como este efeito é ainda observado no ano posterior à seca. Assim também, a caracterização de quais árvores são mais vulneráveis e resistentes à seca podendo contribuir em modelos de climáticos e de carbono.
Abstract: The intensity and frequency of severe droughts in the Amazon region is increasing. Decreases in growth rates and increases in tree mortality have been reported in previous droughts, consequently, forest net primary production declined. In 2015-2016, the most severe drought of this century caused by El Niño occurred, consequently tree growth might be committed. Most drought studies have monitored the forest after the event happens, which misses the intra-annual effect of the drought. In this study, the monthly and annual increment of 325 trees with dendrometer bands were monitored one year before the drought, the year of the event and one year after it in a terra-firme forest in the Central Amazon. The annual and monthly diameter increment during the monitored periods were calculated to detect differences in the increment rates during the drought and between the periods. Trees were classified by diameter, wood density and topographic position to identify which characteristics were more vulnerable during the drought. A significant reduction in the annual and monthly stem increment was found after the drought in all the tree categories. Larger trees and trees located on plateaus were most affected in growth rate, this might be associated with photosynthesis reduction, hydraulic stress due to water deficit and/or cells water loss. Trees on the valley had smaller month-by-month variation during the drought year presenting little seasonal reaction to precipitation variation. No stem increment variation was detected within wood density. Besides, this present study demonstrates that a year after the drought, the forest growth rate had not recovered yet. Medium sized trees and trees located in the bottomlands were the ones with slower rates of recovery. The present study emphasizes the great effect of drought on tree growth and demonstrates how this effect is still observed in the year after drought. Also, the characterization of which trees are more vulnerable and resistant to the drought can contribute in climate and carbon models.
Palavras-chave: Topografia
Densidade da madeira
Dendrômetro
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências de Florestas Tropicais (CFT)
Citação: Ramírez Méndez, Carolina. INFLUÊNCIA DO El Niño 2015-2016 NO INCREMENTO DIAMÉTRICO DAS ÁRVORES DA AMAZÔNIA CENTRAL. 2018. 71 folhas. Dissertação( Ciências de Florestas Tropicais (CFT)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2550
Data de defesa: 4-Mai-2018
Aparece nas coleções:Mestrado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018-06-20_Dissertação_CarolinaRamirez_FINAL_FINAL.pdf3,32 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons