Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2608
Tipo do documento: Tese
Título: Calliphoridae (Diptera) do noroeste da América do Sul: diversidade, distribuição e código de barras genético
Autor: Garcia, Eduardo Carlo Amat 
Primeiro orientador: Rafael, José Albertino
Resumo: Estudou-se a fauna de Calliphoridae (Diptera) na região noroeste da América do Sul, abordando três aspectos principais: 1. Diversidade local das assembleias; 2. Distribuição geográfica das espécies; e 3. Uso de sequências de DNA na identificação genética das espécies. Para estudar os padrões de diversidade local e avaliar os padrões de riqueza, abundância e dominância foram escolhidos três cenários: o interflúvio amazônico, o gradiente altitudinal nos Andes Colombianos e o ecossistema de Páramo andino. Além disso, foi compilada a informação geográfica de 13.474 espécimes de 28 espécies, depositados em onze coleções entomológicas localizadas no Brasil, Colômbia, Equador e Venezuela. Com base nessa informação foi possível dividir a área de estudo em seis regiões naturais: Amazônia, Andes, Caribe, Orinoquia, Pacífica e Tepuiana. Também foi possível identificar padrões preliminares de distribuição espacial e classificar a fauna de califorídeos segundo a origem biogeográfica: espécies tropicais (25 spp.) temperadas (4 spp.) e introduzidas (4 spp.); segundo a distribuição altitudinal: espécies de terras baixas (17 spp.), espécies de montanha (27 spp.) e espécies de altas elevações (8 spp.) e segundo o grau de sinantropia em espécies assinantrópicas (14 spp.), hemissiantrópicas (13 spp.) e sinantrópicas (14 spp.). Finalmente, foram fornecidas as sequências curtas de DNA mitocondrial com 317 pares de bases (mini-barcode) para trinta espécies, possibilitando a identificação molecular das de Calliphora, Chrysomya, Cochliomyia, Compsomyiops, Sarconesia e Hemilucilia. Contudo, o marcador escolhido não foi adequado para identificar as espécies de Lucilia. Além disso, foram recuperadas as sequências genéticas de exemplares antigos depositados em coleções por até 57 anos. Os padrões de diversidade global e os encontrados em cada assembleia avaliada demostraram que a existência de um gradiente altitudinal afeta a composição da fauna de Califorídeos. Foi demostrado que as elevações intermediarias andinas são as mais ricas em espécies e que os Paramos andinos são pobres em califorídeos. A evidente sensibilidade dos Calliphoridae aos ambientes antropogênicos, seu número baixo de espécies e sua taxonomia relativamente estável faz deste um grupo ideal para utilização como indicador de ambientes antropisádos na região norte da América do Sul.
Abstract: The blow fly fauna of Northwest South America was studied based in three main approaches: 1. Local diversity of assemblages; 2. geographical distribution of their species; and 3. efficacy of short DNA sequences (Mini barcode) to identify their species. In order to study the patterns of species richness, abundance and dominance of local assemblages, three scenarios were chosen: the Amazonian interfluvial region; an altitudinal gradient in the Andean belt and the Páramo ecosystem. By the other hand, the geographical information of 13.474 specimens belonging to 28 species, deposited in eleven entomological collection of Brazil, Colombia, Ecuador and Venezuela was retrieved. Based on this data, it was possible to make a preliminary regionalization into six natural divisions: Amazon, Andes, Caribbean, Orinoquia, Pacific and Tepuyan region. It was also possible to identify preliminary patterns of geographical distribution and classify the blow fly species according to the biographic origin as follow: Tropical (25 spp); Temperate (4 spp) and Introduced (4spp). According to the altitudinal distribution, 17 species come from lowlands; 27 of montane and 8 of high elevations. Finally according to the level of synanthropy: 14 species were asynanthropic; 13 hemisynanthropic and 14 eusynanthropic. We recovered short mitochondrial DNA sequences (Mini barcodes of 317bp) from 143 specimens of thirty Neotropical species. This molecular marker allow the species identification of Calliphora, Chrysomya, Cochliomyia, Compsomyiops, Sarconesia, and Hemilucilia. However, it was not suitable for the correct identification of Lucilia species. In addition, we recovered genetic information from old preserved specimens deposited in museums for up to 57 year. The global diversity patterns together with the local assemblages assessed demostrated that the existence of an altitudinal gradient affects the composition of the blow fly fauna in the region. Being the most diverse assemblages, those located at intermediate elevations and the less diverse the perennial páramo ecosystem. The noticeable sensibility of blow flies to anthropized environments, the relative low number of species and their ubiquity, together with their relatively stable taxonomy, makes this group of flies as an ideal indicator of the level of human influence in environments of Northwest South America.
Palavras-chave: Varejeiras
Distribuição geográfica
Diversidade
Mini-barcode
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: Garcia, Eduardo Carlo Amat. Calliphoridae (Diptera) do noroeste da América do Sul: diversidade, distribuição e código de barras genético. 2017. 348 p. Tese( Ciências Biológicas (Entomologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2608
Data de defesa: 15-Dez-2017
Aparece nas coleções:Doutorado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
eduardo_carlo_amat_garcia.pdf9,04 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons