Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2751
Tipo do documento: Tese
Título: Estrututa funcional das comunidades arbóreas de florestas alagáveis na Amazônia Central
Título(s) alternativo(s): Functional structure of tree communities of floodplain forests in Central Aamzonia
Autor: Mori, Gisele Biem 
Primeiro orientador: Piedade, Maria Teresa Fernandez
Primeiro coorientador: Schietti, Juliana
Resumo: a estrutura das comunidades vegetais é essencial para fazer predições ecológicas frente às mudanças ambientais. Como as florestas alagáveis tropicais são um alvo crescente dos impactos antrópicos, elas necessitam de mais estudos para fundamentar estratégias eficazes para sua conservação. Nesta tese investigamos a estrutura funcional de comunidades arbóreas de florestas alagáveis de várzea e igapó de águas pretas da Amazônia Central, em relação ao alagamento sazonal e as propriedades do solo. As propriedades do solo foram bons preditores da variação dos atributos funcionais, diferenciando as estratégias ecológicas entre as comunidades de várzea e igapó. As comunidades de várzea se caracterizaram por possuírem valores de atributos relacionados ao melhor uso e captação dos recursos e um crescimento rápido, enquanto que as comunidades do igapó se caracterizaram por possuírem valores de atributos para melhor conservação dos recursos, desenvolvimento de tecidos mais resistentes e, consequentemente, crescimento mais lento. Surpreendentemente, o nível e a duração do alagamento tiveram pouca influência na variação dos atributos, mesmo entre as comunidades com o mesmo tipo de solo. Nós também encontramos que a diferenciação dos atributos funcionais entre várzea e igapó ocorre mesmo entre espécies filogeneticamente próximas, com o mesmo padrão de diferenciação entre as estratégias aquisição versus conservação de recursos, indicando a ocorrência do processo de especialização do habitat. Nossos resultados também mostraram que o atributo densidade da madeira difere entre o caule e o ramo, tanto nas várzeas quanto nos igapós, em comparação com a terra firme. Isto sugere a existência de estratégias ecológicas relacionadas à características abióticas específicas atuando sobre a comunidade arbórea dos ecossistemas alagáveis. Podemos concluir com nossos resultados, que as propriedades do solo em escala local são fatores determinantes na estruturação funcional das comunidades de árvores das florestas alagáveis, e são responsáveis pela diferenciação na composição de espécies e nas estratégias ecológicas entre estas comunidades, contribuindo para o aumento da diversidade de espécies em florestas alagáveis na Amazônia. Nós recomendamos que as estratégias para conservação das florestas alagáveis devam ser elaboradas para cada tipo de floresta, considerando suas diferenças funcionais.
Abstract: Understanding the structure of plant communities is essential to make ecological predictions about environmental changes. As tropical floodplains are a growing target for anthropogenic impacts, they require further studies to support effective conservation strategies. In this thesis, we investigated the functional structure of tree communities of várzea and igapó floodplain forests in Central Amazonia, in relation to seasonal flooding and soil properties. Soil properties were good predictors of functional traits variation, differentiating ecological strategies between várzea and igapó communities. Várzea communities were characterized by trait values related to a better use and acquisition of resources and a fast growth, while igapó communities were characterized by trait values related to a better conservation of resources, development of persistent tissues and, consequently, slow growth. Surprisingly, flooding level and duration influenced little traits variation, even within communities with the same soil type. We also found that traits differentiation between várzea and igapó occurred even between species phylogenetically related with the same pattern of differentiation among the strategies of acquisition versus conservation of resources, indicating the process of habitat specialization. Our results also showed that the attribute wood density differs between the stem and the branch, both in the várzea and igapós, compared to the terra firme. This suggests the existence of ecological strategies related to specific abiotic conditions acting on the arboreal community of floodplain ecosystems. Based on our results, we conclude that soil properties in local scale are determinant factors for functional structure in tree communities of floodplain forests, and are responsible for the differentiation in species composition and ecological strategies between these communities, contributing to the increase in species diversity in Amazonian floodplain forests. We recommend that the development of ecological strategies for floodplain forests conservation should be prepared for each forest type, considerating their different functions.
Palavras-chave: Atributos funcionais, gradientes ambientais, solos, alagamento sazonal, florestas tropicais.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: Mori, Gisele Biem. Estrututa funcional das comunidades arbóreas de florestas alagáveis na Amazônia Central. 2019. [116]. Tese( Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, [Manaus] .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2751
Data de defesa: 5-Abr-2019
Aparece nas coleções:Doutorado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_VFINAL.pdfDocumento principal3,16 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.