Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2787
Tipo do documento: Tese
Título: Dinâmica evolutiva dos cromossomos sexuais em Coleoptera e marcadores epigenéticos associados
Autor: Goll, Leonardo Gusso 
Primeiro orientador: Schneider, Carlos Henrique
Primeiro coorientador: Almeida, Mara Cristina de
Segundo coorientador: Zilse, Gislene Almeida Carvalho
Resumo: A tribo Alticini é um especioso grupo de besouros com grande número de espécies, que possui uma variedade de sistemas cromossômicos de determinação do sexo como NeoXY, X0, Xyp, além de sistemas múltiplos. Sistemas peculiares como cromossomos sexuais aquiasmáticos, assinápticos e os cromossomos gigantes também são observados nesse grupo. Seis espécies de Alticini (flea beetles) da Amazônia Central foram cromossomicamente analisadas a partir de células meióticas e mitóticas. Além disso, para compreender as alterações no cariótipo dessas espécies foram utilizados outros marcadores como o padrão de heterocromatina, FISH com sondas de DNAr 18S e 5S e sequências teloméricas - TTAGG. O comportamento funcional dos cromossomos sexuais de diferentes sistemas durante a meiose foi analisado pelos padrões de acetilação e metilação em variantes histônicas e de metilação do DNA. Os resultados obtidos evidenciaram as fórmulas meióticas 10II+X+y (Omophoita abreviata), 10II+X+y±3B (Omophoita aequinoctialis), 7II+NeoX1X2y (O. clerica), 7II+Xyp (Diphaulaca diringshofeni), 10II+5X+y (Phenrica diringshofeni), e 10II+X+y (Walterianella sp). A análise do cariótipo de O. aequinoctialis mostrou variação entre indivíduos com relação à morfologia cromossômica e número de cromossomos B. Essa variação foi interpopulacional e interespecífica para o gênero Omophoita, considerado cromossomicamente conservado. Além das questões sobre a evolução cromossômica do grupo, a presença de sequências teloméricas hibridizadas sobre os collochores foi evidenciada pela primeira vez, levantando questões sobre o papel funcional das mesmas durante a segregação cromossômica. Adicionalmente, a elevada quantidade de heterocromatina em algumas espécies pode estar intimamente associada à evolução desses cromossomos. A presença abundante de metilação do DNA, além da diferença entre os cromossomos sexuais X e Y, demonstra dinamicidade nessa modificação, sendo discutida acerca da distribuição de heterocromatina e o papel funcional da cromatina nessas espécies. O padrão de histonas modificadas indica um padrão epigenético diferenciado para os cromossomos sexuais em relação aos autossomos durante a meiose I, principalmente para as acetilações. Desta forma, os resultados desse trabalho ampliam os estudos sobre cromossomos sexuais em Alticini, com novas descrições de número diploide e sistemas cromossômicos de determinação do sexo para esse grupo.
Abstract: Alticini tribe is a big taxon beetles and it has a variety of chromosomal sex determination systems as NeoXY, X0, Xyp, and multiple systems. Particulares systems such as aquiasmatic, asynaptic sex chromosomes and the giant chromosomes are also observed in this group. In this study, five species of Alticini (flea beetles) from Central Amazonia were chromosomally analyzed from meiotic and mitotic cells. In addition, other markers were used (heterochromatin pattern, FISH with rDNA 18S and 5S probes and telomeric sequences - TTAGG) to understand the changes in the karyotype of these species. The functional behavior of the sex chromosomes of different systems during meiosis was analyzed by the patterns of acetylation and methylation in histone and DNA methylation variants. The results evidenced the meiotic formulae 10II+X+y (Omophoita abbreviata), 10II+X+y±3B (Omophoita aequinoctialis), 7II+NeoX1X2y (Omophoita clerica), 7II+Xyp (Diphaulaca diringshofeni), 10II+5X+y (Phenrica diringshofeni), and 10II+X+y (Walterianella sp). Analysis in karyotype of O. aequinoctialis showed variation between individuals in relation to chromosome morphology and number of B chromosomes. This variation observed was interpopulational and interspecific for the genus Omophoita, considered chromosomally conserved. In addition to the questions about the chromosome evolution of the group, the presence of hybridized telomeric sequences on the collochores was first evidenced, raising questions about the functional role of these sequences during chromosome segregation. High amount of heterochromatin in some species may be closely associated with the evolution of these chromosomes. Abundant presence of methylation of the DNA observed, in addition to the difference between the sex chromosomes X and Y, shows dynamicity in this modification, being discussed about the distribution of heterochromatin and the functional role of chromatin in these species. Modified histone pattern indicates a differentiated epigenetic pattern for the sex chromosomes in relation to the autosomes during meiosis I, especially for acetylation.Thus, the results of this work extend the studies on sex chromosomes in Alticini, with descriptions of new diploid number and chromosome systems of sex determination for this taxon.
Palavras-chave: Alticini
Heterocromatina
Epigenética
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2787
Data de defesa: 10-Dez-2018
Aparece nas coleções:Doutorado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese Leonardo Gusso Goll.pdf1,87 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.