Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2789
Tipo do documento: Dissertação
Título: USO DO ESPAÇO POR JABUTIS-AMARELOS (Chelonoidis denticulatus) EM UMA RESERVA NA AMAZÔNIA CENTRAL: INFLUÊNCIAS DE CARACTERÍSTICAS BIOLÓGICAS, DO GRADIENTE TOPOGRÁFICO E DA DISPONIBILIDADE DE RECURSOS ALIMENTARES E CLAREIRAS
Autor: Santos, Aline Tavares 
Primeiro orientador: Magnusson, William E.
Primeiro coorientador: Zuanon, Jansen A. S.
Resumo: Neste estudo, nós avaliamos a influência do sexo, do comprimento corporal e da distância percorrida na área de uso de jabutis-amarelos (Chelonoidis denticulatus) em uma área de floresta ombrófila densa na Amazônia Central. Também, investigamos se os indivíduos selecionam faixas de declividade e elevação do terreno ou áreas com maior disponibilidade de recursos alimentares ou proporção de clareiras. Nós capturamos 21 indivíduos de C. denticulatus (7 machos, 6 fêmeas e 8 juvenis). Monitoramos o movimento dos jabutis utilizando carreteis de rastreamento, amostrando as elevações e declividades utilizadas, a disponibilidade de potenciais recursos alimentares (flores, frutos úmidos e fungos) e as proporções de clareiras nos trajetos percorridos. Coletamos as mesmas variáveis ao longo de parcelas permanentes distribuídas na área de estudo para amostrar a disponibilidade dos recursos no ambiente. Entre os recursos alimentares analisados, apenas as flores variaram em função do gradiente topográfico, apresentando maiores densidades em áreas mais elevadas e planas. As áreas de uso dos jabutis-amarelos foram maiores para indivíduos com maiores comprimentos corporais e não se diferenciaram entre os sexos. Os indivíduos jovens estiveram mais associados às áreas mais altas e planas, enquanto a declividade não pareceu ser um fator limitante para os indivíduos adultos que frequentemente se deslocaram entre áreas com diferentes elevações e declividades. Apesar dos jabutis terem utilizado as clareiras em proporções semelhantes à sua disponibilidade, a maior frequência de encontro de indivíduos adultos em estado de repouso foi em árvores caídas, que indica a importância deste recurso como abrigo. Por outro lado, indivíduos jovens se abrigaram mais frequentemente na serapilheira. Este estudo aponta que, apesar de apresentar hábitos generalistas, a utilização do ambiente por C. denticulatus varia consideravelmente entre as diferentes fases da vida, e que pequenas variações na topografia podem influenciar o uso do espaço por indivíduos menores.
Abstract: In this study, we evaluated the influence of sex, body length and distance traveled on the areas used by yellow-footed tortoises (Chelonoidis denticulatus) in an area of dense rain forest in Central Amazonia. We also investigated whether individuals selected different ranges of terrain slope and elevation, areas with greater availability of food resources or proportion of clearings. We captured 21 individuals of C. denticulatus (7 males, 6 females and 8 juveniles) and monitored the individuals’ movements using thread-bobbins, sampling the elevations and slopes used, the availability of potential food resources (flowers, fallen ripe fruits and fungi) and proportions of clearings within the routes traveled by each individual. To sample the availability of resources, we collected the same variables in plots distributed throughout the study area. Of the food resources analyzed, only flowers varied in relation to the topographic gradient, presenting higher densities in high and flat areas. The areas used by yellow-footed tortoises were larger for individuals with larger body lengths and were similar between sexes. Young individuals were more associated with higher and flat areas, while terrain slope did not appear to be a limiting factor for adult individuals, which frequently moved between areas with large differences in elevation and slope. Although tortoises used clearings in similar proportions to their availability, the higher frequency of encounters of resting adult adult individuals under fallen trees indicates that this resource is important for shelter. Young individuals were more frequently sheltered in leaf litter. This study indicates that, although C. denticulatus has generalist habits, its use of space varied considerably between different life phases e, and variations in topography can influence the space use by small individuals.
Palavras-chave: jabuti
seleção de habitat.
topografia
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Ecologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2789
Data de defesa: 12-Jun-2018
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_AlineTavares.pdfpdf da dissertação1,03 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.