Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2796
Tipo do documento: Tese
Título: Conservação, biogeografia e evolução do jacaré-paguá (Paleosuchus palpebrosus): um complexo de espécies a ser desvendado
Autor: Muniz, Fábio de Lima 
Primeiro orientador: Hrbek, Tomas
Primeiro coorientador: Farias, Izeni Pires
Resumo: A região Neotropical é uma zona biogeográfica hiperdiversa e com diversidade subestimada. O recente avanço no uso de ferramentas moleculares contribuiu para a descoberta de que, muitas espécies previamente consideradas com ampla distribuição são, na verdade, complexos de espécies. As espécies amplamente distribuídas são, em geral, classificadas como de menor preocupação para a conservação, entretanto, as espécies pouco estudadas e que ocorrem em uma gama de ambientes heterogêneos e/ou descontínuos são fortes candidatas a abrigar linhagens evolutivas distintas, possivelmente escondendo linhagens ameaçadas de extinção. O jacaré-paguá (Paleosuchus palpebrosus), um dos menores crocodilianos existentes, pode ser considerada uma espécie pouco estudada que possui comportamento críptico e ampla distribuição na América do Sul, ocorrendo em diferentes biomas e bacias hidrográficas. Nesse estudo, nós identificamos diversidade críptica em P. palpebrosus, delimitando linhagens evolutivas independentes, traçamos um modelo biogeográfico e investigamos os processos evolutivos que atuaram durante o processo de diversificação das linhagens recém-descobertas. Para isso, fizemos uma densa amostragem por quase toda a distribuição da espécie e combinamos o uso do tradicional marcador mitocondrial citocromo b com marcadores genômicos SNPs e ddRADs, obtidos por meio de Next-Generation Sequencing (NGS). Nós delimitamos três Unidades Evolutivas Significantes (ESUs) e duas Unidades de Manejo (MUs) e sugerimos que P. palpebrosus é um complexo de espécies. Verificamos que o rearranjo de drenagem foi o principal promotor da diversificação do complexo P. palpebrosus no corredor Paraguai-Madeira-Amazônia, então propusemos um modelo de evolução da paisagem para explicar essa diversificação, discutindo a utilidade desse modelo para outras espécies aquáticas da região. Além disso, testamos diferentes modelos migração e verificamos a ocorrência de Transferência Lateral de Genes (LGT) e contato secundário entre linhagens geograficamente adjacentes. VIIVIIIIXIIIII
Abstract: The Neotropical region is a hyper-diverse biogeographical zone with an underestimated diversity. Recent advances in the use of molecular tools has contributed to the discovery of many species complex in previous broadly distributed species. Broadly distributed species are generally classified as of Least Concern for conservation, however, species that are poorly studied and occur in a range of heterogeneous and/or discontinuous environments are strong candidates to harbor distinct evolutionary lineages, possibly hiding lineages at extinction risk. The Cuvier´s dwarf caiman (Paleosuchus palpebrosus), one of the smallest living crocodilians, can be considered a poorly studied species with a cryptic behavior and wide distribution in South America, occurring in several different biomes and watersheds. In this study, we identified cryptic diversity in P. palpebrosus, delimiting independent evolutionary lineages, elaborated a biogeographic model and investigated the evolutionary processes that acted during the diversification process of the newly discovered lineages. For this, we did dense sampling along almost the entire distribution of the species and combined the use of the traditional mitochondrial cytochrome b marker with genomic markers SNPs and ddRADs obtained by Next Generation Sequencing (NGS). We delimit three Evolutionarily Significant Units (ESUs) and two Management Units (MUs) and suggest that P. palpebrosus is a species complex. We verified that the drainage rearrangement was the main promoter of the P. palpebrosus complex diversification in the Paraguay-Madeira-Amazonia corridor, so we proposed a landscape evolution model to explain this diversification, discussing the usefulness of this model for other aquatic species in the region. In addition, we tested different migration patterns and verified the occurrence of Lateral Gene Transfer (LGT) and secondary contact between geographically adjacent lineages.
Palavras-chave: Jacaré-paguá
Paleosuchus palpebrosus
Hibridização
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2796
Data de defesa: 14-Ago-2018
Aparece nas coleções:Doutorado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FabioMuniz_Tese_VersaoFinal.pdfpdf da tese5,18 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.