Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2811
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPereira, Domingos Leonardo Vieira-
dc.contributor.advisor1Hamada, Neusa-
dc.date.accessioned2019-05-06T15:35:40Z-
dc.date.issued2004-
dc.identifier.urihttps://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2811-
dc.description.resumoSão poucos os estudos sobre Heteroptera (Gerromorpha e Nepomorpha) realizados no Brasil, sendo o Estado de Minas Gerais o local onde esses insetos foram mais estudados. Este trabalho teve como objetivo incrementar o conhecimento sobre a riqueza, distribuição e a taxonomia desse grupo de insetos na Amazônia Central. Foram amostrados igarapés nos municípios de Presidente Figueiredo e Manaus (Reserva Florestal Adolpho Ducke) e, ambientes lênticos tais como lagos artificiais nos municípios de Presidente Figueiredo e lagos de várzea e igapó, no município de Manaus. As coletas foram realizadas no período de setembro de 2002 a fevereiro de 2003. Foram coletados 6321 espécimes, distribuídos em 13 famílias, 31 gêneros, 49 espécies e 36 morfótipos de Gerromorpha e Nepomorpha. O material examinado permitiu um novo registro de Belostoma plebejum Stål (Belostomatidae) para a Amazônia Central e quatro espécies novas, pertencentes aos gêneros Hebrus (Hebridae), Microvelia, Paravelia e Platyvelia (Veliidae). Chaves taxonômicas para famílias e gêneros de Heteroptera coletados na área de estudo foram elaboradas, incluindo gêneros não coletados, mas depositados na Coleção de Invertebrados do INPA. Foi utilizado o índice de similaridade de Jaccard para comparar as áreas de coleta baseado na composição da assembléia de Heteroptera; Análise de Componentes Principais (ACP) e Análise Fatorial de Correspondência (AFC) para avaliar se as variáveis ambientais, fisicas e fisico-químicas estão correlacionadas com a distribuição de gêneros de Heteroptera. O índice de similaridade entre as áreas de coleta foram inferiores a 35% (0,35) sugerindo a composição da assembléia de Heteroptera é diferente nessas áreas. A riqueza de Heteroptera em igarapés de Presidente Figueiredo foi superior à de Manaus (Reserva Ducke), sendo riqueza associada, provavelmente, a igarapés com leito rochoso. Quando a riqueza de lagos artificiais, de várzea e de igapó foi comparada, valores similares foram observados entre lagos artificiais e igapó; os lagos de várzea foram os que apresentaram maior riqueza, provavelmente devido a presença de macrófitas.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-05-06T15:35:40Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2004eng
dc.languageporpor
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazôniapor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsINPApor
dc.publisher.programCiências Biológicas (Entomologia)por
dc.subjectInsetos aquáticospor
dc.subjectGerromorphapor
dc.subjectHeteropterapor
dc.subjectNepomorphapor
dc.titleDistribuição e chave taxonômica de gêneros de Gerromorpha e Nepomorpha (Insecta: Heteroptera) na Amazônia Central, Brasilpor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
domingos leonardo vieira.pdf14,69 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.