Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2826
Tipo do documento: Dissertação
Título: Influência dos componentes estruturais de clareiras na comunidade de aves na Amazônia Central
Autor: Leite, Cristina Camargo Banks
Primeiro orientador: Cintra, Renato
Resumo: Há muito, verifica-se o efeito que clareiras, produzidas pela queda de árvores nas florestas, tem sobre as comunidades e diversos estudos já investigaram como a avifauna é influenciada pela presença e formação destas clareiras. O presente estudo vem para complementar estes outros ao mostrar como os diferentes tipos de clareiras, naturalmente presentes nas forestas, influenciam a comunidade de aves como um todo e algumas de suas guildas. Para responder estas perguntas, o estudo foi conduzido na Reserva Florestal Adolpho Ducke, Manaus, Brasil (entre 2°55'e 03°01 '8, e 59°53' e 59°59'0). As variáveis ambientais medidas nas clareiras foram escolhidas por possuírem grande efeito sobre a vegetação e sua estrutura, sendo estas: tamanho, abertura de dossel, inclinação do terreno, orientação em relação ao sol, idade (estágio sucessional), complexidade estrutural, abundância de imbaúbas e elevação. As aves foram amostradas por meio de redes de neblina, observação e gravação dos cantos. Os atributos da comunidade de aves analisados foram abundância de indivíduos, riqueza de espécies e composição. Tanto a abundância quanto a riqueza não foram significativamente afetadas por nenhuma das variáveis ambientais. Já a composição das assembléias mostrou ser bastante influenciada pela estrutura das clareiras. A assembléia completa de aves foi afetada significativamente pela abertura de dossel, inclinação do terreno, orientação em relação ao sol e elevação do terreno. Para a assembléia composta por representantes frugívoros e nectarívoros, as variáveis significativas foram complexidade estrutural, tamanho da clareira, abertura de dossel e inclinação do terreno. Para a assembléia composta pelos representantes onívoros e insetívoros, a única variável que mostrou ser significativa foi tamanho da clareira. Para a assembléia composta pelos representantes que utilizam o dossel, a elevação e a abertura de dossel foram significativas e por fim, a assembléia composta pelos representantes de sub-bosque não teve relação com nenhuma das variáveis. Os resultados indicam que as variáveis ambientais que mais influenciaram a assembléia de aves foram aquelas relativas as características físicas do terreno, e as aves mais influenciadas são principalmente as frugívoras e nectarívoras. A casualidade de onde e como as clareiras são formadas afeta o processo de regeneração da clareira e colonização por diferentes espécies de plantas. Esta regeneração e colonização diferenciadas afetam a composição da comunidade de aves, mas são também ao mesmo tempo afetadas pelas aves, uma vez que estas, ao lado dos morcegos, são os mais importantes vetores de dispersão.
Palavras-chave: Aves -- Amazônia -- Ecologia
Clareiras -- Reserva Florestal Adolpho Ducke (Manaus, AM)
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Biologia (Ecologia)
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2826
Data de defesa: 2001
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Cristina.pdf7,27 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.