Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2852
Tipo do documento: Dissertação
Título: Plantas medicinais conhecidas dos moradores do distrito de Riozinho, Cacoal/RO e aspectos morfoanatômicos, histoquímicos e fitoquímicos de Fridericia chica (Bonpl.) L. G. Lohmann - crajiru - Bignoniaceae
Autor: Silva, José de Anchieta Almeida da 
Primeiro orientador: Mendonça, Maria Silvia de
Primeiro coorientador: Guarim Neto, Germano
Resumo: O uso de plantas medicinais é uma prática comum entre as populações humanas. Este trabalho teve como objetivo realizar um estudo etnobotânico de plantas medicinais conhecidas por uma comunidade localizada no Município de Cacoal interior do Estado de Rondônia. E contribuir com a caracterização farmacognóstica de uma das espécies de maior consenso de uso na comunidade, Fridericia chica (Bonpl.) L. G. Lohmann (Bignoniaceae). No estudo etnobotânico, os informantes foram selecionados através da técnica “Bola de neve”. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e turnê guiada. Foi calculada a concordância de uso principal (CUP) e o valor de uso (VU) das espécies. Foi realizada a caracterização morfoanatômica, histoquímica e fitoquímica das folhas de F. chica, segundo metodologias usuais de laboratório. Os informantes são em sua maioria mulheres. Foram repertoriadas na comunidade 89 espécies medicinais identificadas, distribuídas em 42 famílias, sendo as famílias mais representadas Lamiaceae, Asteraceae, Fabaceae. A maioria das plantas medicinais usadas é herbácea, o que corrobora a ideia da importância destas plantas em farmacopeias populares e encontrada nos quintais, o que reflete a importância da domesticação das plantas com fins terapêuticos. Plectranthus barbatus. (Lamiaceae) e F. chica (Bignoniaceae) são as plantas com CUP e VU mais elevados na localidade. As folhas são as partes vegetais mais usadas na preparação dos remédios, sendo a infusão e decocção os métodos mais comuns. A prática da medicina convencional na comunidade parece ser um fator de influência no número de espécies medicinais utilizadas. As folhas de F. chica apresentam epiderme unisseriada, mesofilo dorsiventral, são hipoestomáticas com estômatos anomocíticos. Tricomas glandulares em forma de roseta estão distribuídos em ambas as superfícies do limbo foliar, da nervura central e do pecíolo. Tricomas tectores estão presentes na região da nervura central e do pecíolo. O pecíolo é cilíndrico, constituído por uma epiderme uniestratificada e cutícula fina. Os testes histoquímicos apontaram a presença de diversos metabólitos secundários como tanino, lignina, proteína e compostos fenólicos e o perfil fitoquímico revelou a presença de flavonoides, antraquinonas e terpenos. Tais resultados indicam o grande potencial terapêutico e a multiplicidade de uso desta espécie para a comunidade.
Abstract: The use of medicinal plants is a common practice among human populations. The objective of this work was to conduct an ethnobotanical study on medicinal plants known by a community located in the Municipality of Cacoal in the State of Rondônia. And contribute to the pharmacognostic characterization of one of the most common species of use in the community, Fridericia chica (Bignoniaceae). In the ethnobotanical study, the informants were selected through the "Snowball" technique. Semi-structured interviews and guided tours were conducted. The agreement of main use (AMU) and value of use (VU) of the species were calculated. The morphological, histochemical and phytochemical characterization of the F. chica leaves were performed according to the usual laboratory methodologies. The informants are mostly women. A total of 89 medicinal species were identified and distributed in 42 families, with Lamiaceae, Asteraceae and Fabaceae being the most represented families. Most of the medicinal plants used are herbaceous, which corroborates the idea of the importance of these "weed" plants in popular pharmacopoeias, and found in backyards, which reflects the importance of domestication of appropriate plants for therapeutic purposes. Plectranthus barbatus (Lamiaceae) and F. chica (Bignoniaceae) are the highest AMU and VU plants in the locality. The leaves are the vegetable parts most used in the preparation of the remedies, with infusion and decoction being the most common methods. The action of conventional medicine in the community seems to be a factor influencing the number of medicinal species used. The leaves of F. chica have uniseriate epidermis, dorsiventral mesophyll, are hypoestomatic with anomocytic stomata. Rosy-shaped glandular trichomes are distributed on both surfaces of the leaf blade, the central vein and the petiole. Coronal trichomes are present in the central rib and petiole region. The petiole is cylindrical, consisting of an unstrapped epidermis and fine cuticle. Histochemical tests indicated the presence of several secondary metabolites such as tannins, lignins, proteins and phenolic compounds and the phytochemical profile revealed the presence of flavonoids, anthraquinones and terpenes. These results indicate the great therapeutic potential of the species.
Palavras-chave: Etnobotânica, Medicina tradicional, Potencial terapêutico, Farmacobotânica, Anatomia foliar
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Botânica
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2852
Data de defesa: 22-Mar-2019
Aparece nas coleções:Mestrado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
José de Anchieta Almeida da Silva.pdfDocumento principal 3,22 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.