Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2854
Tipo do documento: Dissertação
Título: Dinâmica da metacomunidade de briófitas epifilas em florestas fragmentadas na Amazônia
Título(s) alternativo(s): Metacommunity dynamic of epiphyllous bryophytes in fragmented forest in the Amazon
Dinámica de la metacomunidad de briófitas epífilas en florestas fragmentadas en la Amazonia
Autor: Sierra Pinilla, Adriel Sierra 
Primeiro orientador: Zartman, Charles Eugene
Primeiro coorientador: Toledo, José Júlio
Resumo: Estudos de comunidades de plantas tropicais que tentam separar os principais mecanismos que influenciam suas distribuições (conectividade e qualidade do habitat) por meio de paisagens fragmentadas são escassos. Briófitas epifilas devido a suas comunidades espacialmente delimitadas, altamente dinâmicas e grande diversidade dos sistemas sexuais é um modelo excelente de estudo, com o qual se combinam dados da comunidade e demográficos, tendo em conta os traços adaptativos para abordar quais são os mecanismos que controlam distribuições das plantas terrestres. Este trabalho é um estudo sobre uma meta comunidade altamente dinâmica de briófitas epifilas, para investigar mudanças temporais na estrutura da comunidade em fragmentos florestais e relacionar as alterações aparentes com diferença nos traços adaptativos em relação a dispersores mais eficazes e maior tolerância fisiológica. Para tal, foi utilizado como base para comparação, dados sobre a estrutura da assembleia de epifilas publicadas em um estudo realizado no PDBFF há 15 anos atrás. Assim, foram amostradas comunidades de briófitas epifilas, a fim de avaliar se as mudanças na riqueza de espécies, abundância e composição ocorreram nos anos seguintes. Com base em resultados anteriores foi testada a seguinte hipótese: a estrutura da comunidade de epifilas mudou nos fragmentos pequenos (1 ha e 10 ha) para as espécies com traços adaptativos com maior capacidade de dispersão e tolerância fisiológica. Para as briófitas epifilas observamos nos fragmentos pequenos (1- e 10-ha) um nível de recuperação na abundância, riqueza e composição de espécies, convergindo com os fragmentos de 100 ha e floresta continua. As alterações positivas na comunidade de epifilas foram relacionadas com traços adaptativos de vida que representam maior capacidade de dispersão e tolerância fisiológica.
Abstract: Studies of tropical plant communities which attempt to disentangle the principle mechanisms (connectivity and habitat quality) influencing their distributions across fragmented landscapes are scarce. Epiphyllous bryophytes, due to their spatially patchy distribution, high turnover and diversity of sexual systems, are an excellent model system with which to combine community and demographic data in light of life history traits to address what mechanisms control terrestrial plant distributions. In this work I studied a highly dynamic community, epiphyllous bryophyte, to investigate temporal changes in community structure in forest fragments and relate apparent changes with difference in life history traits in relation to more effective dispersers and physiological tolerance. By using baseline data on epiphyll assembly structure published from a study conducted at BDFFP over a decade ago, I sampled epiphyllous community in order to evaluate whether changes in species richness, abundance and composition have occurred in the intervening years. Based on previous results I test the following hypothesize: epiphyll community structure has changed in small (1- and 10-ha) to bias species presenting life history traits which favor increased dispersal capacity and physiological tolerance. For epiphyllous bryophytes we observed a degree of recovery in the abundance, species richness and composition in small fragments (1- and 10-ha), converging with 100 ha fragments and continuous forests. Positive changes in the epiphyllous community are related to adaptive life history traits related to species with greater dispersal capacity and physiological tolerance.
Palavras-chave: Briófitas
Lejeuneaceae
Dispersão
Fragmentação
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Botânica
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2854
Data de defesa: 3-Abr-2018
Aparece nas coleções:Mestrado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Adriel_Sierra_Dissertação_Mestrado.pdfAdriel_Sierra_Dissertação_Mestrado1,47 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.