Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2875
Tipo do documento: Tese
Título: Avaliação do potencial de espécies manejadas na Amazônia para produção de painéis “EGP” (Edge Glued Panels) não estrutural
Autor: Araújo, Roberto Daniel de 
Primeiro orientador: Santos, Joaquim dos
Primeiro coorientador: Nascimento, Claudete Catanhede do
Segundo coorientador: Paula, Estevão Vicente Cavalcanti Monteiro de
Resumo: Esta pesquisa tenta desenvolver o uso de novas tecnologias para valorizar o uso de cinco espécies de madeira tropical manejadas e indicações para a manufatura de painéis EGP a nível regional e indicação de novas espécies para o mercado. O material em estudo é composto das madeiras de Angelim pedra (Himenolobium pulcherrimum), Angelim vermelho (Dinizia excelsa), Breu vermelho (Protium puncticulaton), Murici (Byrsonima crispa) e Piãozinho (Micrandropsis scleroxylon), obtidas no município de Manaus/AM (ZF-2/EEST/INPA - BR-174 e Madeireira Portela). As toras foram processadas em pranchões/tábuas e secas a 12% em sistema micro-ondas. As propriedades químicas (extrativos totais, solubilidade em água, solubilidade em NaOH, lignina, celulose bruta, pH e cinzas e físico-mecânicas (densidade básica, densidade aparente, MOE, MOR e umidade) foram avaliadas obedecendo os procedimentos normativos. Para os painéis EGP, foram utilizadas as cinco diferentes madeiras, com usinagem das peças (25 x 50 x 240 mm) e fingamento (C = 10 mm; α = 31º; P = 1 mm) utilizando uma tupia industrial. O PVA foi utilizado frio e quente na junção do topo e da superfície lateral, respectivamente, ao passo que, o EPI foi usado frio somente na superfície lateral, utilizando prensa pneumática. Corpos de prova (14,00 x 10,00 x 2,5 cm) foram utilizados nos ensaios de rugosidade, granulometria de lixas e revestimento. Na avaliação da colagem dos EGP’s foram realizados os testes de flexão estática, tração e cisalhamento. Para análise dos dados utilizou-se a estatística ANOVA e teste de Tukey. Nos resultados das propriedades físico-mecânicas das madeiras, obteve-se em média 0,62 g/cm3 (densidade básica) e 12.528 MPa (MOE). A parte química referente a solubilidade em NaOH (8,24%) e pH (6,31), tiveram relação direta com os atributos físicomecânico das madeiras e dos painéis EGP’s. A melhor redução da rugosidade foi obtida com a lixa de grã 180 (Piãozinho – 0,0094 μm). Quanto a gramatura dos vernizes, os painéis de Murici e Piãozinho foram os que obtiveram menor consumo na aplicação. Para o revestimento dos EGP’s, Piãozinho, Angelim pedra e Breu vermelho, foram os que obtiveram grau excelente de fixação. Os melhores resultados dos ensaios de flexão estática e tração (painéis) foram para Piãozinho, 37,29 e 18,08 MPa. No cisalhamento Angelim vermelho (10,89 MPa) e Piãozinho (10,74 MPa) utilizando adesivo EPI apresentaram maior resistência. Na avaliação geral das propriedades das madeiras e dos painéis, Piãozinho e Angelim pedra apresentaram a melhor aptidão tecnológica para produção de EGPs. Esta avaliação confirma a indicação das espécies para a produção deste painel, auxiliando na tomada de decisão e na exploração em programas de manejo sustentável.
Abstract: The present work tries to develop novel technologies for enhancing the utilization of five managed tropical timber species, furnish reliable data for their manufacturing into non-structural EGP at a regional level and for indicating new ones to be used in this market. The studied material comprised wood from Angelim pedra (Himenolobium pulcherrimum), Angelim vermelho (Dinizia excelsa), Breu vermelho (Protium puncticulaton), Murici (Byrsonima crispa) and Piãozinho (Micrandropsis scleroxylon), obtained in the municipality of Manaus / AM, (ZF-2 / EEST / INPA - BR-174 and Madeireira Portela). The logs were processed in planks / boards and dried at 12% moisture in a microwave system. Chemical (total extractives, water solubility, NaOH solubility, lignin, crude cellulose, pH and ash) and physical-mechanical (basic density, apparent density, modulus of elasticity (MOE) and modulus of rupture (MOR) and moisture) properties were assessed obeying the normative procedures. The five different timber species were machined and pre-machined into (25 x 50 x 240 mm) and (C = 10 mm, α = 31 °, P = 1 mm) parts, for the manufacture of the EGPs using an industrial spindle. Cold and hot polyvinyl adhesive PVA was used on the top and side junctions, respectively, whereas cold EPI was only used on the lateral surface, utilizing a pneumatic press. Test specimens (14.00 x 10.00 x 2.5 cm) were used in the roughness, sandpaper granulometry and coating assays. EGPs’ bonding, static bending, traction and shearing assessment tests were performed. Data were analyzed using ANOVA and Tukey's test. Timber species physical-mechanical properties assessment results presented an 0.62 g/cm³ average (basic density) and 12,528 MPa (MOE). The chemical part related to NaOH solubility (8.24%) and pH (6.31) showed to be directly related to the physical-mechanical attributes of the wood and EGPs. The lowest roughness value was obtained with 180 grain sandpaper (Piãozinho - 0.0094 μm). As to the varnishes, Murici and Piãozinho panels have shown to be the ones which consumed the least in their application. Regarding EGPs’ coating, Piãozinho, Angelim pedra and Breu vermelho, were those that obtained the best degree of fixation. The best results on static flexion and traction were obtained with Piãozinho, 37.29 and 18.08 MPa. Red Angelim (10.89 MPa) and Piãozinho (10.74 MPa) shear using EPI adhesive presented the highest resistance. Panel wood properties overall assessment showed Piãozinho and Angelim pedra to presented the best technological aptitude for the EGPs manufacturing. This assessment confirms these timber species to be good for the production of these panels by assisting on the decision-making for their exploitation sustainable management programs.
Palavras-chave: Madeiras tropicais
Manejo florestal
Painéis de madeira não estruturais
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Ciências de Florestas Tropicais
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2875
Data de defesa: 30-Abr-2019
Aparece nas coleções:Doutorado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_ROBERTO_CFT_INPA.pdfDocumento principal3,69 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.