Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2888
Tipo do documento: Dissertação
Título: Suplementação de amilase e solubilidade de amido na digestibilidade da ração para pirarucu Arapaima gigas
Autor: Bordinhon, André Moreira
Primeiro orientador: Pereira Filho, Manoel
Resumo: O pirarucu (Arapaima gigas), peixe carnívoro amazônico, possui características de rusticidade e desempenho que o torna uma espécie promissora para aquicultura. Contudo, peixes carnívoros necessitam de uma alimentação com alto teor de proteínas que desempenham importante papel no fornecimento de energia nestes animais. Otimizar a utilização de proteínas - direcionando-as principalmente para síntese de tecidos - através da melhoria da digestibilidade de carboidratos, uma fonte potencial de energia, apresenta-se com uma alternativa para diminuição dos custos de produção e diminuição de danos ambientais. O objetivo deste trabalho é avaliar o efeito da utilização de amilase exógena e do cozimento da farinha de trigo sobre a digestibilidade da ração para o pirarucu, obtida através da coleta de fezes na água e por dissecação. O experimento foi conduzido em um delineamento fatorial de duas entradas (Two-way) com quatro rações experimentais: (TI) ração sem amilase exógena e farinha de trigo crua, (T2) ração sem arnilase exógena e farinha de trigo cozida, (T3) ração com amilase exógena e farinha de trigo crua, (T4) ração com amilase exógena e farinha de trigo cozida. No método de coleta de fezes por dissecação, o tratamento T3 apresentou o menor coeficiente de digestibilidade, e entre os outros tratamentos não houve diferença estatisticamente significativa (P>0,05). Com as fezes coletadas na água, o tratamento T4 apresentou digestibilidade superior, e os demais tratamentos não apresentaram diferença estatística entre si. Contudo, em ambos os métodos. de coleta de fezes a discriminação das médias apresentou-se igual, indicando que o método de coleta de fezes não se apresentou como fonte de erro significativa a ponto de levar a conclusões discrepantes. Os valores baixos dos coeficientes de digestibilidade indicam que o pirarucu possui reduzida capacidr;de para aproveitar os carboidratos dos ingredientes. A solubilização do amido da farinha de trigo cozida melhorou a digestibilidade da ração. Este efeito é maximizado com acréscimo de arnilase exógena.
Palavras-chave: Pirarucu
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2888
Data de defesa: 2004
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
andre_dissertação.pdf1,19 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.