Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2907
Tipo do documento: Tese
Título: Efeito da fragmentação do habitat e do desmatamento no sucesso reprodutivo de uma palmeira amazônica: Oenocarpus bacaba Martius
Autor: Lepsch Cunha, Nadja
Primeiro orientador: Gascon, Claude
Resumo: Muito pouco é conhecido sobre os efeitos da fragmentação na produção de flores, frutos, plântulas e no sucesso reprodutivo de árvores tropicais, apesar da importância desse conhecimento na conservação e manejo da biodiversidade. As predições quanto aos efeitos negativos da fragmentação do habitat no sucesso reprodutivo de plantas é resultante da expectativa de ocorrência de alteração no sistema de cruzamento e de reduções na diversidade polínica, modificando a produtividade de sementes. Alternativamente, também é esperada a ruptura das adaptações específicas ao habitat, resultando em plântulas com aptidão reduzida após dispersão em habitats perturbados. O objetivo deste doutorado foi determinar se a fragmentação do habitat e o desmatamento agem sobre a fenologia e o sucesso reprodutivo de Oenocarpus bacaba Mart., uma palmeira arbórea da Amazônia. Para isso, foram feitas quantificações da produção de cachos, flores, frutos, produtividade, viabilidade e germinação de sementes em árvores localizadas em fragmentos de 100, 10 e 1-ha, capoeiras, pastos e áreas controle de mata contínua. O trabalho de campo foi desenvolvido nas reservas do Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (PDBFF), 80 km de Manaus, AM. O. bacaba mudou o seu comportamento reprodutivo nos fragmentos e nos habitats que sofreram desmatamento. Árvores em pastos, capoeiras e bordas de fragmentos florestais reproduziram mais cedo, mais freqüentemente, e em maior quantidade que os outros habitats. Entretanto, esses mesmos locais produziram mais cachos abortivos e mais sementes inviáveis. Árvores de pastos produziram a menor quantidade de frutos e de sementes viáveis e também apresentaram o maior esforço reprodutivo e o menor sucesso em termos de viabilidade de sementes e produtividade de sementes (flores femininas/ semente viável, sementes viáveis/inviáveis). Mata contínua, fragmentos de 100-ha e 10-ha apresentaram o maior sucesso reprodutivo. As causas de inviabilidade de sementes e a correlação positiva com o número de cachos produzidos sugerem fortemente que espécie seja parcialmente auto-incompatível. Em fragmentos e capoeira, a fertilização por pólen mais aparentado é sugerida como explicação para o aumento de frutos com endosperma normal, mas sem embrião. Em pastos, a diminuição da carga polínica, presença de auto-pólen (geitonogamia), pólen exótico ou velho nos estigmas são sugeridos para explicar a presença de sementes vazias com testa anômala. Nos fragmentos maiores seria o parentesco maior de pólen, e não a falha nas polinizações, que estariam promovendo a maior quantidade de sementes abortadas.
Palavras-chave: Desmatamento
Fragmentos florestais -- Amazônia
Oenocarpus bacaba
Palmeiras -- Amazônia -- Reprodução
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Biologia (Ecologia)
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2907
Data de defesa: 2003
Aparece nas coleções:Doutorado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
nadja_tese.pdf3 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.