Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2911
Tipo do documento: Tese
Título: Evolução de nichos e os efeitos de mudanças climáticas na distribuição e padrões de e diversidade de serpentes Crotalinae (Bothrops e Bothrocophias, Squamata, Viperidae)
Autor: Espíndola Ayala, Wellyngton 
Primeiro orientador: Werneck, Fernanda de Pinho
Segundo orientador: Fraga, Rafael de
Resumo: Desde a concepção da teoria do nicho foi possível observar com clareza diversos padrões em diferentes escalas dentro das populações e comunidades, A teoria prediz que a capacidade das linhagens em reter características ecológicas ancestrais direcionadas através do tempo pode ser fundamental para observar processos, este é o conceito de conservatismo filogenético de nicho. É importante avaliar como o nicho muda através do tempo e espaço para entendermos os mecanismos que atuaram nos processos de especiação das linhagens. Para isso, é necessário estimar a preferências ancestrais a partir dos clados atuais e para observar potenciais deslocamentos e efeitos em processos evolutivos são necessárias abordagens integrativas (e.g., modelos de nicho ecológico, filogenias datadas). Estas observações são ainda importantes para supor quais os efeitos de mudanças climáticas futuras nas espécies. Neste estudo usamos um grupo composto por dois gêneros de serpentes (Bothrops e Bothrocophias) da família Viperidae. Além de ser um grupo que inclui espécies de importância médica por elevadas taxas de acidente ofídicos, apresentam baixa dispersão em grande escalas, e incluem espécies de distribuição restrita a amplamente distribuídas na região Neotropical. O objetivo do estudo é investigar se há evolução na ocupação de nicho de serpentes da família Viperidae (Bothrops e Bothrocophias), e o seu papel na diversificação e efeitos sobre a riqueza das espécies em cenários futuros de mudanças climáticas. Utilizamos modelos de nicho ecológico para 26 espécies dos gêneros Bothrops e Bothrocophias com base nos valores de adequabilidade e as variáveis preditoras, foram estimadas as preferências ecológicas para cada espécie e projetadas para os nós ancestrais por meio de cálculos de máxima semelhança. Também foi utilizado o cálculo de disparidade ao longo do tempo em cada variável. Por fim, foi utilizado modelos de nicho ecológicos para projeções no futuro em diversos cenários de mudanças climáticas. Com os resultados de disparidade conseguimos observar a importância de fatores ecológicos na especiação, principalmente no período mais recente da história evolutiva de Bothrops e Bothrocophias, ou seja, existe uma divergência filogenética nos períodos mais recentes em relação ao nicho, esta tendência pode estar favorecendo as espécies do grupo em dispersar através do espaço geográfico e sua distribuição em cenários de mudanças climáticas.
Abstract: Niche evolution and the effects of climate change on the distribution and diversity pattern of Bothropides snakes (Bothrops e Bothrocophias, Squamata, Viperidae) From the conception of the niche theory it was possible to clearly observe different patterns at different scales within populations and communities, the maxim predicts that the ability of lineages to retain ancestral ecological characteristics directed through time may be fundamental to observe processes, this is the concept of phylogenetic niche conservatism. It is important to evaluate how the niche changes through time and space to understand the mechanisms that acted in the processes of speciation of the lineages, for it is necessary to estimate the ancestral preferences from the current clades and to observe potential displacements and effects in evolutionary processes are necessary integrative approaches (e.g ecological niche models, dated phylogenies). These observations are important for assuming the effects of future climate changes on species. In this study we used a group composed of two genera (Bothrops and Bothrocophias) of the family Viperidae, in addition to being a group of medical importance due to high accident rates, are low dispersion at large scales, are widely distributed in the neotropical region, the objective of the study is to investigate if there is evolution in the niche occupation of snakes of the family Viperidae (Bothrops and Bothrocophias), and its role in the diversification and effects on the richness of the species in future scenarios of climatic changes. We used ecological niche models for 26 species of the Bothrops and Bothrocophias group, based on the values of suitability and the predictive variables, were estimated the ecological preferences for each species and projected for the ancestral nodes through calculations of maximum similarity, we also used the calculation of Disparity over time in each variable. Ecological niche models were used for future projections with various scenarios of climate change. With the results of disparity, we can observe the importance of ecological factors in speciation, especially in the most recent evolutionary history of Bothrops and Bothrocophias, that is, there is a phylogenetic divergence in the most recent periods in relation to the niche, this trend may be favoring the dispersal across geographic space and favors their distribution in scenarios of climate change.
Palavras-chave: Conservatismo filogenético de nicho
Modelagem do nico ecológico
Riqueza de espécies
Sobreposição de nicho
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Ecologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2911
Data de defesa: 16-Ago-2018
Aparece nas coleções:Doutorado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertação corrigida Wellyngton (1).pdf5,95 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.