Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2919
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito de cobre e chumbo, metais pesados presentes na água de formação derivada da extração do petróleo da província petroleira do Urucu - Am, sobre o tambaqui, Colossoma macropomum (Curvier, 1818)
Autor: Oliveira, Christiane Patrícia Feitosa 
Primeiro orientador: Val, Adalberto Luís
Resumo: O presente estudo teve como objetivo avaliar a toxicidade de dois metais pesados, cobre e chumbo, para a espécie Colossoma macropomum (tambaqui), bem como avaliar a bioconcentração e os efeitos da exposição a concentrações subletais desses metais e da associação deles, sobre a capacidade respirátoria, a regulação iônica e indicadores de saúde desses peixes. Para isso foi necessário determinar a CL5o-96h de ambos os metais para a espécie. A CL5o-96h foi de 0,735mg/L para o cobre e de 28,71 mg/L para o chumbo. Após a determinação da CL50, os exemplares de tambaqui foram expostos a concentrações subletais desses metais por 96 horas, pré-estabelecidas em 50% da CL5o-96h. No caso da associação de cobre e chumbo a concentração foi de 25% da CL5o-96h de cada um dos metais A exposição do tambaqui à concentração subletal de cobre não resultou em alterações nos parâmetros hematológicos. Para os exemplares expostos ao chumbo e à associação de cobre e chumbo foi verificada anemia, comprovada pela diminuição na concentração de hemoglobina, hematócrito e número de células vermelhas. Os níveis de Na"^ plasmático diminuíram no grupo exposto ao cobre e o inverso ocorreu para o grupo exposto ao chumbo. Os níveis de K"^ diminuíram no grupo exposto ao cobre e aumentaram no grupo exposto à associação dos dois metais. Os níveis de Cl" aumentaram no grupo exposto ao chumbo e à associação cobre e chumbo. Com base nesses resultados concluímos que o cobre e o chumbo afetam diretamente a regulação iônica. A glicose plasmática aumentou nos animais expostos ao cobre; no entanto, os níveis de lactato plasmático diminuíram nesse grupo evidenciando que, apesar do estresse, o metabolismo anaeróbico desses animais não foi alterado. A exposição aos metais causou sérios danos hepáticos avaliados indiretamente pelo aumento na concentração das enzimas alanina e aspartato aminotransferases e fosfatase alcalina. Foi observado também, um aumento nos níveis de colinesterase do grupo exposto ao chumbo e à associação dos dois metais, indicando distúrbios na transmissão dos impulsos nervosos nesses animais. A exposição à concentração subletal dos metais não causou danos citotòxicos avaliados pelos níveis plasmáticos de TBARS, pòrem, o efeito genotòxico foi comprovado no grupo exposto ao cobre, com o aumento no percentual de anormalidades nucleares eritrocíticas. Com relação a bioconcentração dos metais nos tecidos, foi observado aumento na concentração de cobre nas brânquias e no fígado do grupo exposto ao cobre. Para o chumbo foi verificado um aumento na concentração de chumbo nas brânquias do grupo exposto ao chumbo. A exposição de C. macropomum à concentrações subletais de cobre e de chumbo foi suficiente para promover sérios distúrbios fisiológicos e bioquímicos, comprometendo assim a saúde dessa espécie.
Abstract: The aim of this study was to evaluate the toxicity of two heavy metais, copper and lead, on Colossoma macropomum (tambaqui), as well as to evaluate the bioconcentration and the effects of sublethal exposure on respiratory capacity, ion regulation and health. CL5o-96h was estimated for both metais. The LC5o-96h was 0.735mg/L for copper and 28.71 mg/L for lead. Based on these values, tambaqui specimens were exposed to sublethal metal concentrations of 50% of LC5o-96h for 96 hours. For copper and lead association the animais were exposed to 25% of LC50- 96h of each metal. Tambaqui exposure to copper sublethal concentration resulted in no changes of hematological parameters; exposure to lead and its association with copper caused anemia, confirmed by a decrease in the concentration of hemoglobin, hematocrit, and the number of red cells. Plasma Na"^ were reduced in the copper exposed group and the inverse occurred for lead the exposed group. The leveis decreased in copper and increased in animais exposed to lead and lead + copper association. Leveis of Cl" increased in lead and lead + copper exposed animais. Based on these resuits we concluded that copper and lead directiy affect ion regulation. Plasma glucose increased in the animais exposed to copper; however, plasma lactate decreased in this group suggesting that, despite the stress, the anaerobic metabolism of these animais showed no changes. Exposure to these heavy metais caused serious hepatic damage, evidenced by high alanine and aspartate aminotransferase and alkaline phosphatase enzyme concentration. Increased cholinesterase leveis in animais exposed to lead and lead + copper suggest nervous disturbances. The exposure to sublethal metal concentration caused no changes in TBARS plasma leveis. However, erithrocitic nuclear abnormality was increased in animais exposed to sublethal copper concentration. Copper increased in gilis and liver and lead increased in the gilis of animais exposed to sublethal concentrations. The exposure of C. macropomum to copper and lead sublethal concentrations promoted serious physiological and biochemical disturbances compromising the health of this fish species.
Palavras-chave: Peixes - intoxicação - Cobre e Chumbo
Colossoma macropomum
Toxicologia - Peixes
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2919
Data de defesa: 1-Jan-2003
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
christiane patricia feitosa.pdfpdf da dissertação6,26 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.