Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2949
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorAraújo, Cleusa Suzana Oliveira de-
dc.contributor.advisor1Thatcher, Vernon Everett-
dc.date.accessioned2019-07-11T18:55:45Z-
dc.date.issued2002-
dc.identifier.urihttps://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2949-
dc.description.abstractFoi estudado a taxonomia, morfologia, índices de parasitismo e ciclo reprodutivo dos Cymothoidae (Isopoda) amazônicos. Foram realizadas coletas mensais de peixes de março de 1999, a fevereiro de 2000. Uma estação de coleta foi no rio Tarumã-Mirim, de águas pretas, e a outra no rio Solimões, Ilha da Marchantaria, de águas brancas. Outras coletas foram realizadas durante três períodos do ciclo hidrológico (cheia, vazante e seca). Adicionalmente, foram estudados os peixes do gênero Triportheus, capturados mensalmente de janeiro de 2000 a fevereiro de 2001 no lago Catalão. Também foram examinados todos os peixes Gymnotiformes e da subfamília Serrasalmidae da Coleção Ictiológica do INPA, bem como isópodos coletados em diversos locais e doados ao Laboratório de Parasitologia de Peixes, INPA. Foram também estudados todos os cimotoídeos depositados na Coleção de Invertebrados do INPA. Um total de 11.886 peixes foram examinados, o que resultou em 222 isópodos de oito gêneros e treze espécies. Descreveu-se o estágio de transição de seis espécies, o macho de uma espécie, três espécies novas, das quasi duas de gêneros novos. Os cimotoídeos estudados reproduziram-se durante o ano todo, não apresentaram uma época específica de ocorrência de apenas um estágio de desenvolvimento larval. Foram reconhecidos cinco estágios de desenvolvimento larval das formas intra-marsupiais. Houve correlação positiva entre o tamanho das fêmeas grávidas e o tamanho da ninhada, mas nem sempre espécies de porte grande tiveram um maior número de prole quando relacionadas às espécies pequenas. Não foi possível definir nenhuma preferência do material estudado por água preta, branca ou clara. Estes cimotoídeos demonstraram especificidade parasitária para certas espécies, famílias ou ordens de peixes.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-07-11T18:55:45Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2002eng
dc.languageporpor
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazôniapor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsINPApor
dc.publisher.programBiologia de Água Doce e Pesca Interiorpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCymothoidae -- Amazôniapor
dc.subjectPeixes -- Amazônia -- Parasitaspor
dc.titleTaxonomia, morfologia e aspectos da biologia reprodutiva dos Cymothoidae (Crustacea: Malacostraca: Isopoda) parasitas de peixes da Amazônia brasileirapor
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Doutorado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
cleusa suzana.pdf8,76 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.