Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2958
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aspectos etnoecológicos no uso de plantas medicinais em três municípios do Estado do Amazonas, Brasil /
Autor: Prado, Patrícia Maria Martins do
Primeiro orientador: Mesquita, Rita de Cássia G
Abstract: Estudos que resgatem informações sobre o uso de recursos naturais como as plantas medicinais, podem viabilizar o uso racional destes recursos, mantendo a capacidade suporte da população e também registrando novas fontes destes na biodiversidade. O presente trabalho foi desenvolvido em 3 municípios do Estado do Amazonas - Presidente Figueiredo, Boa Vista dos Ramos e Autazes em assentamentos rurais próximos a cidade. O objetivo deste trabalho foi analisar como as características das pessoas (sua idade, local de origem, sexo e tempo de residência) afetam o conhecimento popular sobre plantas medicinais. O estudo teve duas abordagens, uma sobre os aspectos sociais do uso de plantas medicinais e outra com enfoque ecológico, visando entender como varia a disponibilidade destes recursos nos principais ambientes onde existem plantas medicinais. Para tal foram feitas entrevistas com 71 pessoas e 32 transectos de 400m cada, em Presidente Figueiredo e 16 em Boa Vista do Ramos para o registro florístico e fitossociológico das plantas medicinais utilizadas. Também foram feitas algumas coletas nos quintais desses moradores. Foram feitas apenas entrevistas sem acompanhamento nas trilhas em Autazes. Após um levantamento extenso de potenciais candidatos para serem acompanhados, 16 pessoas, 8 homens e 8 mulheres foram escolhidos em Presidente Figueiredo. Cada pessoa percorreu dois transectos (diferentes para cada indivíduo), sendo um na mata primária e outro em capoeira, juntamente com a investigadora. Plantas apontadas pelos entrevistados como de uso medicinal nos transectos, quando não identificadas em campo, foram coletadas e secas em estufa para identificação. Nas áreas de mata e capoeira um total de 80 plantas medicinais foram coletadas em Presidente Figueiredo e 112 em Boa Vista do Ramos, sendo 34 delas repetidas nos dois locais (158 total). Nos quintais foram registradas 106 plantas medicinais em Presidente Figueiredo e 547 em Boa Vista do Ramos para um total de 49 categorias de indicações e preparações. Poucas citações em Autazes. Essas plantas são coletadas na floresta nativa junto com outras espécies que podem ser usadas também para tempero, alimento, artesanato, cosméticos, utensílios domésticos entre outros usos. Como conclusão, temos um grande potencial para extração de produtos naturais veirificados na quantidade de plantas amostradas e seus usos, e não existem grandes diferenças relacionadas às características das pessoas e o seu conhecimento sobre espécies de plantas medicinais.
Palavras-chave: Ecologia humana -- Amazonas | Etnobotânica -- Amazonas | Plantas medicinais -- Amazonas
Idioma: por
País: Brasil
Sigla da instituição: INPA
Programa: Ecologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2958
Data de defesa: 2002
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Patricia maria.pdf6,46 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.