Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3031
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorRaeder, Fernando Loschiavo-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1323131523784643por
dc.contributor.advisor1Vogt, Richard Carl-
dc.date.accessioned2019-08-16T13:38:46Z-
dc.date.issued2003-
dc.identifier.urihttps://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3031-
dc.description.resumoNeste estudo foi elaborado um plano para manejo e conservação de aves (Phaetusa simplex e Rynchops niger) e quelônios (Podocnemis expansa, Podocnemis unifilis e Podocnemis sextuberculata) que utilizam para reprodução a Praia do Horizonte, Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (RDSM), Médio Rio Solimões, Amazonas. Estas espécies possuem alto valor cinegético, e suas populações dentro da RDSM apresentam-se vulneráveis a perturbações antrópicas. O plano resultante tem como premissa sua aplicabilidade pelos próprios moradores da reserva. Como subsídio ao plano, os dois grupos foram investigados quanto a seu status reprodutivo no local. A coleta de dados foi realizada no período de água baixa do Rio Solimões (ago-dez) do ano de 2001. Para os quelônios foram registradas características obtidas por métodos não-manipulativos da cova (distancia percorrida pela fêmea ao local de postura, profundidade da cova e data de postura) que pudessem estar relacionadas com o sucesso da mesma, visando aumentar o recrutamento de indivíduos através da relocação de covas, porém não foi encontrada relação significativa neste aspecto, além de uma relação negativa entre data de postura e período de incubação (P=0,002). A comparação das características morfológicas dos filhotes deste local com outro dentro da RDSM (ANOVA P=0,000) sugere existirem populações reprodutivas distintas de P. sextuberculata na mesma reserva. Para as aves, foi elaborado um método para estimar a produção de ovos destas durante toda a temporada de nidificação, resultando num valor em 2001 de ± 26.000 ovos (83% P. simplex), em conjunto com um acompanhamento de grupos de 40 ninhos por espécie para diagnosticar o desempenho reprodutivo por casal (P. simplex: 2,17 ovos/ninhos, 24 dias de incubação; R. niger: 100% de abandono dos ninhos acompanhados). A agregação dos ninhos neste local é mais densa do que outros relatos lidando com as mesmas espécies. A agressividade de P. simplex pode ser responsável pela ausência de predação sobre covas e ninhos nesta praia. O conjunto de informações levantado permite recomendar ações para recuperação das populações de quelônios do Mamirauá, além de propor um sistema de exploração sustentável dos ovos das aves pela população humana local. Estas recomendações são uma contrapartida a um plano de manejo proposto anteriormente para a Praia do Horizonte e encontram-se justificadas neste volume.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2019-08-16T13:38:46Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2003eng
dc.languageporpor
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazôniapor
dc.publisher.departmentCoordenação de Pós Graduação (COPG)por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsINPApor
dc.publisher.programEcologiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/-
dc.subjectAnimaispor
dc.subjectAvespor
dc.subjectQuelôniospor
dc.titleElaboração de plano para conservação e manejo de aves e quelônios na Praia do Horizonte, Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, AMpor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
fernando-loschiavo.pdf6,63 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.