Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3047
Tipo do documento: Tese
Título: Variação espacial das concentrações de metais-traço no solo e liteira de uma área de floresta natural
Autor: Rebelo, Ananda Gabrielle de Matos 
Primeiro orientador: Monteiro, Maria Terezinha Ferreira
Primeiro coorientador: Ferreira, Sávio José Filgueiras
Resumo: Para considerar que um determinado solo está livre de contaminação, faz-se necessário conhecer os teores de metal neste solo em condições natural, sem introdução antrópica, assim como na vegetação, devido à importância do ciclo biogeoquímico na Amazônia. Portanto, a determinação de teores naturais de metais em solo e na liteira é essencial para a construção de um parâmetro que sirva de base ao monitoramento e remediação de áreas contaminadas e que seja adequada à realidade pedológica e florística local. Neste contexto, o objetivo desta pesquisa foi determinar os teores naturais de cálcio (Ca), magnésio (Mg), potássio (K), sódio (Na), alumínio (Al), boro (B), bário (Ba), cobalto (Co), cromo (Cr), cobre (Cu), ferro (Fe), manganês (Mn), molibdênio (Mo), níquel (Ni), silício (Si), estrôncio (Sr), titânio (Ti), vanádio (V), zinco (Zn) e cádmio (Cd), como base de referência de qualidade para solos e para liteira em uma floresta na Amazônia central, no Estado do Amazonas. De acordo com os resultados, as concentrações dos elementos químicos trocáveis ou assimiláveis no solo seguiram a seguinte ordem: Al > Ca > Mg > K > Na, no qual de forma geral, a maioria encontrou-se em maior concentração na área de Platô/Vertente. Para os elementos metálicos obteve-se uma ACP, na qual os componentes principais 1 e 2, explicaram 89,12% e 10,87% respectivamente da variabilidade total dos dados. Os loadings do componente principal 1 correlacionaram-se positivamente com a maioria dos metais, exceto para B, Cr, Mo, Ni, sendo estes correlacionados positivamente no componente principal 2 (mais baixa representatividade). A média dos teores de macronutrientes na liteira em ordem decrescente para área de platô e baixio foram Ca > K > Mg > Na. Para os micronutrientes, a ordem foi de Al > Mn > Fe > Sr > Zn > Cu > Ba > Cr > Ni > Co > Cd para o Platô e Al > Mn > Fe > Sr > Zn > Cu > Ba > Cr > Ni > Cd > Co para o baixio. Dentre as frações, o Ca teve sua maior concentração no material lenhoso; o K no material reprodutivo, enquanto o Mg, Na e Al, tiveram maiores concentrações na fração foliar. Os demais elementos estiveram em baixíssimas concentrações em todos os compartimentos da liteira. Observou-se também que o retorno para o solo dos elementos metálicos via liteira, foi maior na estação seca. O Ca e Al diferiram significativamente dentro de uma mesma área. Al e Zn diferiram significativamente entre as áreas estudadas, com maior retorno para ambos os elementos na área de platô.
Abstract: To consider that a certain soil is free of contamination, it is necessary to know the metal contents in this soil in natural conditions, without anthropic introduction, as well as in the vegetation, due to the importance of the biogeochemical cycle in the Amazon. Therefore, the determination of natural levels of metals in soil and litter is essential for the construction of a parameter that serves as a basis for the monitoring and remediation of contaminated areas and that is adequate to the local pedological and floristic reality. In this context, the objective of this research was to determine the natural calcium (Ca), magnesium (Mg), potassium (K), sodium (Na), aluminum (Al), boron (B), barium (Ba), cobalt Co), chromium (Cr), copper (Cu), iron (Fe), manganese (Mn), molybdenum (Mo), nickel (Ni), silicon (Si), strontium (Sr), titanium V), zinc (Zn) and cadmium (Cd), as a reference base of quality for soils and for litter in a forest in central Amazonia, in the State of Amazonas. According to the results, the concentrations of the exchangeable or assimilable chemical elements in the soil followed the order: Al> Ca> Mg> K> Na, in which, in general, the majority was found in greater concentration in the Plateau / Slope. For the metallic elements a PCA was obtained, in which the main components 1 and 2, explained 89.12% and 10.87%, respectively, of the total variability of the data. The loadings of the main component 1 correlated positively with the majority of the metals, except for B, Cr, Mo, Ni, and these were positively correlated in the main component 2 (lower representativity). The mean macronutrient contents in the litter in decreasing order for plateau and valley area were Ca> K> Mg> Na. For the micronutrients, the order was from Al> Mn> Fe> Sr> Zn> Cu> Ba> Cr> Ni> Co> Cd for Plateau and Al> Mn> Fe> Sr> Zn> Cu> Ba> Cr> Ni > Cd> Co for the valley. Among the fractions, Ca had its highest concentration in the woody material; the K in the reproductive material, while the Mg, Na and Al had higher concentrations in the leaf fraction. The other elements were in very low concentrations in all compartments of the litter. It was also observed that the return to the soil of the metallic elements via litter, were higher in the dry season. Ca and Al differed significantly within the same area. Al and Zn differed significantly among the studied areas, with higher returns for both elements in the plateau area.
Palavras-chave: Amazônia Central Metais pesados Solo Liteira
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Clima e Ambiente
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3047
Data de defesa: 22-Jul-2019
Aparece nas coleções:Mestrado - CLIAMB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de Mestrado_AnandaMatos.pdfDocumento principal (dissertação)986,63 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.