Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3051
Tipo do documento: Tese
Título: Influência do Paleovale entre os rios Cuieiras e Tarumã-Mirim sobre as populações de Apistogramma sp.
Autor: Leitão, Carolina S S 
Primeiro orientador: Almeida-Val, Vera Maria F
Resumo: As alterações na paisagem da Amazônia, assim como a reorganização da rede de drenagem, podem influenciar diretamente na dinâmica das populações de peixes. Como tal, elas estabelecem mecanismos que regulam a biodiversidade local e sua distribuição nos rios da Amazônia. O presente trabalho teve como objetivo relacionar a diferenciação genética de duas populações de Apistogramma pertensis e de A. gephyra com a captura do fluxo dos rios Cuieiras e Tarumã-Mirim na Amazônia Central. Foram desenvolvidos 11 marcadores microssatélites e utilizados três genes do DNA mitocondrial (16S, COI e Cytb) para análises populacionais e investigação do tempo de divergência entre as populações. Nossos dados sugerem que a captura do rio formou um paleovale que impôs uma barreira física entre essas populações de peixes, as quais desenvolveram uma estrutura genética e tiveram seus fluxos gênicos reduzidos. Ainda, os dados também indicam que há expansão populacional em três das quatro populações estudadas, uma vez que a população de A. pertensis do rio Tarumã-Mirim encontra-se com tamanho reduzido. Portanto, sugerimos que as populações de A. pertensis e A. gephyra compreendem quatro Unidades Evolutivas Significativas (ESU) nos rios Cuieiras e Tarumã -Mirim.
Abstract: Landscape changes in the Amazon, such as drainage network reorganization, set important boundary conditions for the evolution of fish populations. As such, they establish mechanisms that regulate local biodiversity and its distribution in Amazon Rivers. This study aimed to relate the genetic differentiation of two populations of Apistogramma pertensis and A. gephyra with the stream capture of the Tarumã-Mirim River by the Cuieiras River in Central Amazonia. We developed 11 microsatellite markers and used a mitochondrial DNA (16S, COI and Cytb) to perform a population analyses, and to investigate the divergence time between them. Our data suggests that the stream capture imposed a physical barrier between these fish populations, which developed a genetic structure and resulted in a decrease of gene flow. Furthermore, the data also suggest an expansion of three, out of the four populations, excepting by the population of A. pertensis from Tarumã-Mirim River, which has a decreased size. Therefore, we suggest that the populations of A. pertensis and A. gephyra comprise four Evolutionary Significant Units (ESU) in the Rivers Cuieiras and Tarumã-Mirim.
Palavras-chave: Genética de populações
Ciclídeos
Peixes
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3051
Data de defesa: 29-Jul-2016
Aparece nas coleções:Doutorado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CSSL Tese Final 06Ago19.pdfTese CSSLeitão2,42 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.