Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3070
Tipo do documento: Dissertação
Título: Citotaxonomia, distribuição espacial e temporal e fungos Trichomycetes associados a espécies de Simulium no grupo goeldii (Diptera:Simuliidae) na Amazônia Central, Brasil
Autor: Ríos Velásquez, Claudia María 
Primeiro orientador: Hamada, Neusa
Resumo: Os simulídeos têm grande importância na transmissão de doenças ao ser humano e a outros animais. Simulium goeldii e Simulium "6-B 1" são similares morfologicamente e compartilham microhabitats na Amazônia Central. Só se diferenciam no estágio de pupa e no ultimo estádio larval pelo número de filamentos branquiais, seis em S. "6-B 1" e oito ern S. goeldii. Devido à grande similaridade entre esses dois morfótipos, levantamos a hipótese que S. "6-B 1" seria uma variação intraespecífica de S. goeldii. Para testar essa hipótese, comparaçSes entre os dois morfótipos a nível de cromossomos politênicos, biometria do último estadio larval, padrSes de distribuição em diferentes substratos e igarapés, e especificidade de fungos Trichomycetes foram realizadas. Larvas foram coletadas nos municípios de Presidente Figueiredo, Manaus e Careiro da Várzea (Amazonas). O estudo citológico mostra que os dois morfótipos são espécies distintas e que o número de filamentos branquiais é um caráter seguro para diferenciá-las, uma vez que está correlacionado com os padrSes cromossômicos de cada espécie. Embora as duas espécies apresentem médias do comprimento lateral da cápsula cefálica significativamente diferentes, estes resultados não apresentam uma utilidade prática para distinguir espécimes das duas populaçSes corn base nesse caráter. As larvas de S. goeldii e S. "6-B 1" não mostrararn diferença significativa na sua distribuição quanto às caraterísticas avaliadas dos microhabitats. No entanto, os dados sugerem que embora as duas espécies ocupem o mesmo habitat, S. goeldii ocorre em maior proporção do que S. "6-Bl" em cursos d'água com maior largura e vazão. Estudos posteriores, com maior número de amostras, serão necessários para esclarecer os padrSes de distribuição observados no presente estudo. Foram identificados quatro gêneros de Trichomycetes; um associado ao intestino médio (Harpella) e três associados ao intestino posterior (Genistellospora, Pennella e Smittium). Harpella, Genistellospora e Smittium foram comuns a ambas as espécies de simulídeos; o gênero Pennella só foi encontrado em larvas de S. goeldii. Diversas questSes ecológicas sobre Simuliidae só poderão ser respondidas após estudos biológicos mais profundos, quase nada se sabe sobre o ciclo de vida e comportamento de espécies dessa família. Sem essas informaçSes básicas, fica difícil entender as interaçSes ecológicas entre as espécies e os fatores que realmente afetam as suas distirbuiçSes.
Palavras-chave: Simulium goeldii
Simulium goeldii
Simulium "6-B1"
Simulium "6-B1"
Trichomycetes.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Entomologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3070
Data de defesa: 2000
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
claudia.pdf9,66 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.