Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3080
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ecologia de Ancylometes gigas (Pickard-Cambridge, 1897) (Araneae: Pisauridae), uma aranha errante que vive próximo a corpos de água em uma floresta tropical úmica
Autor: Azevedo, Clarissa Salette de 
Primeiro orientador: Gasnier, Thierry R J
Resumo: As aranhas caçadoras são importantes modelos de predadores terrestres, porém poucos estudos foram feitos sobre a ecologia destas aranhas em regiões tropicais. Ancylometes gigas (Pickard-Cambridge, 1897) é uma espécie de grande porte de aranha errante que vive próxima a riachos e poças d'água, e muito comum na região amazônica. Realizei marcações, medindo e determinando o sexo dos animais encontrados ao longo de um transecto de 500 m em uma reserva florestal próxima de Manaus, Brasil, com coletas bimestrais durante o ano. Houve uma forte variação temporal no número de indivíduos nas margens do riacho, mas a estrutura de tamanhos manteve-se estável, o que é um forte indício de ausência de sazonalidade reprodutiva e que há uma provável migração sazonal dentro do habitat. A maior concentração de aranhas nas margens dos riachos na época seca deve ser o resultado da redução na disponibilidade de poças nos arredores. A abundância ao longo do riacho também parece mais influenciada pela abundância de poças nos arredores do que pelas características das margens. A população apresentou uma variação temporal no tamanho de adultos, o que é um indício de variação na disponibilidade de alimento, que parece ser menor quando não há poças disponíveis. Houve uma relação significante entre o deslocamento e o tempo entre capturas, mas não houve relação entre deslocamento e tamanho das aranhas, bem como entre sexos. Aparentemente essas aranhas mantém-se fixas em um local por bastante tempo, e ocasionalmente se movem, algumas vezes centenas de metros em poucos dias. Não houve dimosrfismo sexual de tamanho, diferentemente do que tem se constatado para outras aranhas caçadoras simpátricas. Comparada com outras espécies simpátricas, a principal característica ecológica de A. gigas é a sua afinidade por corpos de água, que diferencia sua dieta e estratégia de evitar predadores. Mudanças sazonais na disponibilidade de poças, aparentemente, influenciam suas atividades e o seu crescimento, mas não tanto a ponto de determinar uma sazonalidade reprodutiva marcante.
Palavras-chave: Ancylometes gigas
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Entomologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3080
Data de defesa: 2000
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
clarissa.pdf4,39 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.