Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3117
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos da extração de madeira sobre o flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) em uma floresta de produção : abundância relativa das espécies em troncos de árvores e prevalência de tripanosomídeos (Kinetoplastida: Trypanosomatidae)
Autor: Pessoa, Felipe Arley Costa 
Primeiro orientador: Queiroz, Raul Guerra de
Resumo: A Amazônia vem sendo intensamente desmatada para exploração de madeira. A extração retira árvores, utilizadas como refúgio pelos feblotomíneos (Diptera:Psychodidae), transmissores de flagelados tripanosomatídeos, e diminui o dossel, utilizado por seus vertebrados hospedeiros. O presente estudo objetivou avaliar o impacto do corte seletivo de madeira na abundância de flebotomíneos dendróbatos, e respectivas taxas de infecção por tripanosomatídeos em florestas de terra firme da Mil Madeireira Itacoatiara Ltda (MMI), em Itacoatiara-AM. Foram feitas coletas em três sub-áreas da MMI: o Compartimento N, local que foram realizadas coletas antes e após a safra de madeira, em 1999, e duas áreas de controle: uma área de preservação natural e o Compartimento A, área já explorada em 1996. Os flebotomíneos foram coletados com armadilha tipo CDC modificada, usada como instrumento de sucção manual, em varreduras em troncos de árvores selecionados nas três sub-áreas. As coletas foram feitas em três dias por mês, de julho a novembro. Amostras de flebotomíneos coletados foram dissecadas, o tubo digestivo examinado para verificação de parasitos. No Compratimento N, foi coletado um maior número de indivíduos antes do corte seletivo de madeira, apresentando diferença significante em relação às populações após a safra. As demais sub-áreas não sofreram diferenças significantes entre suas populações durante todo o período. Este fato sugere forte indício de uma fauna sensível às alterações ambientais. A taxa de infecção por flageladoss também diminuiu significantemente no Compartimento N após o corte, o que não ocorreu nas demais sub-áreas. Não foi encontrada relação direta entre espécies de árvores e abundância de flebotomíneos, ou suas taxas de infecção.
Palavras-chave: Exploração florestal
Flebotomíneos
Flebotomíneos
Trypanosomatidae.
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Entomologia
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3117
Data de defesa: 2000
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
felipe.pdf6,01 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.