Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3155
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise da transcrição dos genes CYP6N12 e Rdl em Aedes aegypti Linnaeus, 1762 (Diptera: Culicidae) em resposta à intoxicação pelo biolarvicida espinosade
Título(s) alternativo(s): CYP6N12 and Rdl genes transcription analysis in Aedes aegypti Linnaeus, 1762 (Diptera: Culicidae) in response to spinosad intoxication
Autor: Gonçalves, Thamiles das Chagas 
Primeiro orientador: Tadei, Wanderli Pedro
Resumo: A resistência em populações de Aedes aegypti às principais classes de inseticidas químicos limitou o sucesso no controle destes vetores. Desta forma, aumentou-se a busca por agentes de controle alternativos. O espinosade é um inseticida produzido a partir de metabólicos secundários da bactéria Sacharopolyspora spinosa e possui alta eficiência contra diversas ordens de insetos. Estudos relatam a resistência em diferentes espécies, mas os mecanismos não estão bem caracterizados em mosquitos. A compreensão dos processos que levam à resistência a este inseticida é essencial e pode servir de auxílio para os programas de manejo. No presente estudo, objetivou-se avaliar a perda de suscetibilidade de A. aegypti após pressão de seleção com espinosade e analisar o nível de transcrição de genes possivelmente associados à resistência na espécie. Ovos de A. aegypti foram coletados na cidade de Manaus e conferida a suscetibilidade da população quanto ao espinosade. Larvas de 3º instar foram submetidas à uma concentração subletal do produto biológico por seis gerações contínuas. Bioensaios foram realizados nas gerações três e seis, para avaliação da CL50 e a transcrição de genes do metabolismo e do local-alvo do inseticida foi avaliada nas gerações um, três e seis. Uma população com os mesmos critérios de criação foi utilizada, entretanto sem exposição ao inseticida, como grupo controle. A concentração diagnóstica do espinosade para A. aegypti foi reportada e poderá auxiliar no monitoramento da resistência em populações silvestres. A CL50 aumentou ao longo das gerações, no entanto, a razão de resistência apresentou índices baixos (1,13 e 2,8) na sexta geração e caracterizou a população como suscetível. Alto nível de transcrição do gene CYP6N12 foi detectado na primeira geração da população pressionada, entretanto ocorreu declínio nas gerações seguintes, além disso, baixa transcrição do gene Rdl foi verificada em todas as gerações analisadas em relação ao controle. A mudança na CL50 indica perda de suscetibilidade e isto alerta que em mais gerações de seleção a população pode apresentar alto índice de resistência. O perfil de transcrição de CYP6N12 indica que não há atividade deste gene na adaptação ao inseticida, entretanto o perfil do gene Rdl indica relação com a perda de suscetibilidade da população. Estes achados auxiliam na compreensão do processo de resistência na espécie e servem de base para estratégias de controle do vetor.
Abstract: Resistance in Aedes aegypti populations to the main chemical insecticides classes limited the success in the control of these vectors. In this way, the search for alternative control agents was increased. Spinosad is an insecticide produced from the actinobacteria Saccharopolyspora spinosa secondary metabolites and has high efficiency against several insects orders. Studies report resistance in different species, but the mechanisms are not well characterized in mosquitoes. Understanding the processes that lead to resistance to this insecticide is essential and can be useful to management programs. The aim of the present study was to evaluate the loss of A. aegypti susceptibility after spinosad selection and to analyze the gene transcription level possibly associated with resistance in the species. A. aegypti eggs were collected in Manaus city and the population susceptibility to spinosad was confered. Third instar larvae were submitted to a sublethal concentration of the biological product for six continuous generations. Bioassays were carried out in third and sixth generations for LC50 evaluation and the transcription of the metabolism genes and insecticide target site was evaluated in generations one, three and six. A population with the same breeding criteria was used, however without exposure to the insecticide, as a control group. The spinosad diagnostic concentration for A. aegypti has been reported and may help the resistance monitoring in wild populations. The LC50 increased over the generations, however, the resistance ratio presented low indices (1.13 and 2.8) in the sixth generation and characterized the population as susceptible. High level of CYP6N12 gene transcription was detected in the population exposed first generation, however, there was a decline in the following generations, in addition, low Rdl gene transcription was verified in all the generations analyzed in relation to the control. The change in LC50 indicates susceptibility loss and this alerts that in more generations of selection the population can present high resistance ratios. The CYP6N12 transcription profile indicates that there is no activity of this gene in the insecticide adaptation, however the Rdl gene profile indicates relation to the loss of susceptibility of the population. These findings help to understand the resistance process in the specie and serve as the basis for vector control strategies.
Palavras-chave: Arboviroses
biolarvicida espinosade
qPCR
Aedes aegypti
Diptera
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Tipo de acesso: Acesso Embargado
URI: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/3155
Data de defesa: 23-Jul-2019
Aparece nas coleções:Mestrado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação final.pdfDissertação de Thamiles Gonçalves1,37 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.