Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/701
Tipo do documento: Dissertação
Título: Isolamento, caracterização de locos microssatélites e variabilidade genética em Anopheles albitarsis sensu lato (Diptera: Culicidae), de duas populações do Amazonas e uma de São Paulo
Autor: Marques, Giselle Moura Guimarães 
Primeiro orientador: Rafael, Míriam Silva
Primeiro coorientador: Batista, Jacqueline da Silva
Primeiro membro da banca: Sousa, Adna Cristina Barbosa de
Segundo membro da banca: Santos, Joselita Maria Mendes dos
Terceiro membro da banca: Matoso, Daniele Aparecida
Resumo: O complexo Anopheles albitasis inclui seis espécies: Anopheles albitarsis sensu stricto, Anopheles marajoara, Anopheles deaneorum, Anopheles janconnae, Anopheles oryzalimnetes e Anopheles albitarsis F. As espécies do complexo A. albitarsis transmissoras da malária no Brasil são: A. marajoara nos Estados de São Paulo, Pará e Amapá; A. janconnae no Estado de Roraima e A. deaneorum no Estado de Rondônia. Marcadores microssatélites têm sido úteis em estudos populacionais de diversos mosquitos de importância epidemiológica. Isolar, caracterizar locos microssatélites para analisar a estrutura genética de A. albitarsis s.l. de duas populações do Estado do Amazonas e uma do Estado de São Paulo foram os objetivos deste estudo. Foram desenhados 34 pares de primers, os quais foram caracterizados em 24 a 36 indivíduos coletados no bairro Puraquequara, Manaus (AM). O número de alelos variou de 2 a 10 com média de 1,98 e com o total de 126 alelos. A heterozigosidade observada (HO) variou de 0,181 a 0,896 e a Heterozigosidade esperada (HE) de 0,255 a 0,854. Onze locos mostraram desvio significativo, para o Equilíbrio de Hardy-Weinberg, e não foi encontrado desequilíbrio de ligação entre os locos. Dentre os 25 locos microssatélites testados, 11 amplificaram com sucesso em outras cinco espécies do subgênero Nyssorhynchus: Anopheles triannulatus, Anopheles braziliensis, Anopheles nuneztovari, Anopheles darlingi e Anopheles oswaldoi. Para estimar a variabilidade e diferenciação genética entre as três populações de A. albitarsis s.l. de Puraquequara, Coari (AM), e Ilha Comprida (SP), selecionaram-se 12 locos polimórficos, e foram obtidos 156 alelos com média de 4,33 alelos, por loco. O número de alelos por loco variou entre dois a nove, com tamanho de 119 a 337 pb. A média da heterozigosidade observada (HO) e a heterozigosidade esperada (HE) foi de 0,532 a 0,586, respectivamente, mostrando variabilidade nessas populações. As estatísticas F de Wright revelaram uma estruturação genética moderada entre as três populações (FST = 0,143) com diferenciação genética intermediária entre Puraquequara e Coari, e uma alta diferenciação genética entre estas duas últimas localidades e Ilha Comprida (FST = 0,191 e 0,189). A distância genética entre as três populações variou de 0,102 a 0,191, indicando que as do Amazonas (Puraquequara e Coari) são mais próximas entre si do que estas com a de São Paulo (Ilha Comprida). A análise Bayesiana por meio do programa STRUCTURE, mostrou três clusters (K = 3), indicando três populações distintas. Estes dados auxiliarão no estudo da estruturação genética, evolução, e juntamente com outros marcadores genéticos, para a compreensão do status taxonômico do complexo A. albitarsis s.l., envolvido na transmissão primária de espécies do gênero Plasmodium da malária no Brasil.
Abstract: The Anopheles albitasis complex includes six species: Anopheles albitarsis sensu stricto, Anopheles marajoara, Anopheles deaneorum, Anopheles janconnae, Anopheles albitarsis and Anopheles oryzalimnetes F. The Anopheles albitarsis complex vectors of malaria in Brazil are named A. marajoara, in São Paulo, Pará and Amapá States, A.janconnae in the State of Roraima and A. deaneorum in Rondonia State. Microsatellite DNA markers have been useful in population studies of various mosquitoes of epidemiological importance. Isolate, characterize microsatellite loci to analyze the genetic structure of A. albitarsis s.l. of two populations from Amazonas State and one from São Paulo State were goals of this study. We designed 34 primer pairs, which were characterized in 24 to 36 individuals in the neighborhood Puraquequara, Manaus (AM). The number of alleles ranged between 2-10 with an average of 1.98 and a total of 126 alleles. The observed heterozygosity (HO) ranged from 0.181 to 0.896, and the expected heterozygosity (HE) varied among 0.255 to 0.854. Eleven loci showed significant deviation for the Hardy-Weinberg equilibrium, and was not found linkage disequilibrium between loci. Among the 25 microsatellite loci tested, 11 amplified successfully in five other species of the subgenus Nyssorhynchus: Anopheles triannulatus, Anopheles braziliensis, Anopheles nuneztovari,Anopheles darlingi and Anopheles oswaldoi. To estimate the variability and genetic differentiation among three populations of A. albitarsis s.l. from Puraquequara, Coari (AM)and Ilha Comprida (SP), we selected 12 loci and 156 alleles were obtained with an average of 4.33 alleles per locus. The number of alleles per locus ranged from two to nine, with size from 119 to 337 bp. The average observed heterozygosity (Ho) and expected heterozygosity (HE) was from 0.532 to 0.586 respectively, showing variability in these populations. The Wright's F statistics showed a moderate genetic structuring among the three populations (FST = 0.143) with intermediate genetic differentiation between Puraquequara and Coari localities,and a high genetic differentiation between these last two localities and Ilha Comprida (FST = 0.191 and 0.189). The genetic distance among the three populations ranged from 0.102 to 0.191, indicating that those in the Amazon (Puraquequara and Coari localities) are closer together than those of São Paulo (Ilha Comprida locality). The Bayesian analysis, using the program STRUCTURE, showed three clusters (K = 3), indicating three distinct populations. These data will be useful in the genetic structure and evolution studies, and together with other genetic markers, for understanding the taxonomic status of the A. albitarsis complex,involved in the primary transmission of Plasmodium genus species of malaria in Brazil.
Palavras-chave: Complexo Anopheles albitarsis
Marcadores microssatélites
Estudo populacional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Citação: MARQUES, Giselle Moura Guimarães. Isolamento, caracterização de locos microssatélites e variabilidade genética em Anopheles albitarsis sensu lato (Diptera: Culicidae), de duas populações do Amazonas e uma de São Paulo. 2012. 76 f. Dissertação (Mestrado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/701
Data de defesa: 2-Jul-2012
Aparece nas coleções:Mestrado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Giselle_Marques.pdf4,81 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.