Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/780
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comunidade de pequenos mamíferos em um mosaico de plantações de eucalipto, florestas primárias e secundárias na Amazônia Oriental
Autor: Leite, Rafael do Nascimento 
Primeiro orientador: Silva, Maria Nazareth Ferreira da
Primeiro coorientador: Malcolm, Jay R
Primeiro membro da banca: Hussne, Renata Pardini
Segundo membro da banca: Bergallo, Helena de Godoy
Terceiro membro da banca: Vieira, Marcus Vinicius
Quarto membro da banca: Talamoni, Sonia Aparecida
Quinto membro da banca: Gribel, Rogério
Resumo: A Amazônia Brasileira, palco de um dos mais altos níveis de biodiversidade do planeta, é um forte alvo para a expansão do setor silvicultural no país. Entretanto, a despeito dos incentivos políticos existentes para o Brasil investir neste mercado, o conhecimento sobre os impactos que esse tipo de produção exerce sobre as comunidades animais ainda é incipiente ou mesmo inexistente. No nordeste da Amazônia Brasileira, quinze sítios de florestas primárias, secundárias e plantações de eucalipto foram intensivamente amostrados para avaliar os impactos das alterações na estrutura do habitat sobre a comunidade de pequenos mamíferos. A riqueza não variou significativamente entre os habitats, mas foi observada uma tendência negativa nos habitats com menor complexidade estrutural. Sítios com maior proporção de plantações de eucalipto e florestas secundárias de regeneração recente, dentro de escalas espaciais superiores a três quilômetros, apresentaram uma perda significativa da riqueza. Além disso, houve diferenças significativas na composição de espécies entre os habitats de florestas primárias e os de florestas secundárias e plantações de eucalipto, relacionadas com a proporção de variáveis estruturais como o volume de troncos caídos, a área basal de árvores e a estratificação da folhagem acima de dez metros de altura. Os resultados sugerem que embora tais modificações possam favorecer algumas espécies, a perda de complexidade estrutural, associada a uma menor cobertura de dossel e permeabilidade da matriz, pode acarretar em conseqüências danosas para várias outras espécies, especialmente as arborícolas. A diminuição da extensão das áreas de operação com uma maior interpolação de florestas primárias, além da regeneração natural do sub-bosque em plantações de eucalipto são algumas estratégias que devem ser adotadas para mitigar os efeitos negativos da alteração da paisagem e da estrutura dos habitats. Tais ações virão agregar valor para a conservação da biodiversidade onde o uso da terra está voltado para o setor silvicultural.
Abstract: The Brazilian Amazon, with some of the highest levels of biodiversity in the world, is currently a prime target for expansion by the Brazilian forestry sector. However, in spite of extant political incentives for Brazil to invest in this market, little is known about possible impacts of forestry practices on animal communities. In this study fifteen sites of primary and secondary forests as well as commercial eucalyptus plantations at Jari in the northwestern Brazilian Amazon were intensively sampled to assess the impacts of alterations in habitat structure on the small mammal community. Species richness did not vary significantly among habitat types, however we observed a negative tendency within habitats with lower structural complexity. Sites with higher proportions of eucalyptus and early-stage secondary forest within concentric buffers bigger than three kilometers in radius showed a significant loss in species richness. Moreover, we observed significant differences in species composition between primary forests, and both secondary forests and eucalyptus plantations, related to the proportion of structural variables such as dead woody debris volume, tree basal area and foliage stratification. Our results suggest that although such modifications may favor some species, the loss of overall structural complexity associated with lower canopy cover and matrix permeability may bring up negative consequences for several other species, specially arboreal ones. The reduction of operation area extensions with an increasing intercalation of primary forests, and the promotion of natural understory regeneration in eucalyptus plantations are some strategies that should be adopted for mitigating negative effects of landscape-level and habitat structure changes on small mammal communities. Such actions will aggregate value to biodiversity conservation where land use is turned over to forestry sector.
Palavras-chave: Conservação e Manejo
Pequenos mamíferos
Plantações de eucalipto
Florestas primárias
Florestas secundárias
Amazônia Oriental
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: LEITE, Rafael do Nascimento. Comunidade de pequenos mamíferos em um mosaico de plantações de eucalipto, florestas primárias e secundárias na Amazônia Oriental. 2006. 62 f. Dissertação (Mestrado em Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/780
Data de defesa: 31-Jul-2006
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Rafael_Leite.pdf795,6 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.